USP fornece aplicativo para usuários registrarem ocorrências de segurança no campus

Estudantes, professores e funcionários da Universidade de São Paulo (USP) dispõem de um canal de comunicação para registrar ocorrências de segurança dentro do campus, o aplicativo Campus USP. Desenvolvido por técnicos da USP, o app foi criado para que os usuários reportem problemas de segurança na Cidade Universitária, como roubos, furtos, vandalismos, sequestros, problemas na iluminação pública, vazamentos de água ou presença de animais abandonados.

No aplicativo, o usuário pode registrar ocorrências, fazer chamadas de emergência para a Guarda Universitária, ver o mapa de segurança e ativar o sistema de alerta. Os registros podem ser feitos por meio de texto, fotos ou áudio e são encaminhados imediatamente para o atendimento da Guarda Universitária e das Prefeituras dos campi.

Outra função do aplicativo é que o usuário, durante um deslocamento a pé, pode ativar o sistema de alerta que, em uma situação de emergência, avisa a Guarda Universitária, bastando, para isso, um agito no aparelho celular.

Para acessar o aplicativo, o usuário deve fazer o login com seu número USP e a senha única de acesso aos sistemas institucionais da Universidade. O sistema está em funcionamento em todos os campi da USP e funciona apenas no âmbito de cada campus.

Segurança compartilhada

O Campus USP foi desenvolvido por um grupo de técnicos do campus de Pirassununga, da Superintendência de Segurança e da Superintendência de Tecnologia da Informação (STI).

“Estamos trabalhando com o conceito da chamada segurança compartilhada, em que professores, funcionários e alunos podem colaborar”, disse o superintendente de Prevenção e Proteção Universitária, José Antonio Visintin.

O professor da Escola Politécnica e assessor da STI, especialista em aplicativos para celular, Jun Okamoto, revela que mais de 50 pessoas estiveram envolvidas nos testes do sistema e que as equipes da Guarda Universitária e das Prefeituras dos campi foram treinadas para atender às demandas. “O usuário do aplicativo não precisa se preocupar se se trata de uma ocorrência de segurança ou administrativa, nem em que campus se encontra. O aplicativo encaminha a ocorrência para o sistema correto”, explicou.

O aplicativo está em funcionamento no campus deste o ano passado e agora conta com testes para implantar tecnologias inteligentes na Cidade Universitária. Leia a matéria completa clicando aqui.

Fonte: Assessoria de Imprensa da USP

Notícias Relacionadas

Vídeos

Congresso Segurança Eletrônica

Confira como foi o Congresso Segurança Eletrônica 2017  

Segurança Eletrônica

O novo codificador de rede H.264 de 16 canais da Vicon converte entradas de câmera analógica em dados de vídeo IP

A Vicon Industries apresenta um modelo de codificador de vídeo H.264 de 16 canais que converte entradas de câmeras analógicas…