Busca por sistemas de alarmes cresce 23% nos primeiros meses de 2024, de acordo com a Verisure

Crescente preocupação com a segurança residencial e de pequenos negócios gera impactos positivos nos setores de segurança eletrônica e seguros

O interesse em sistemas de alarmes aumentou 23% no primeiro trimestre de 2024, se comparado ao mesmo período do ano anterior. O dado divulgado pela Verisure, empresa referência em alarmes monitorados na Europa e no Brasil, reflete a crescente demanda da população por soluções de proteção aos seus imóveis, em um cenário em que mais de 2.500 invasões já foram registradas pela central de monitoramento da companhia durante os primeiros meses do ano. 

“Se observamos especificamente a busca por alarmes da Verisure, observamos um crescimento de 31%, acima da média da categoria. Os proprietários de estabelecimentos, tanto comerciais quanto residenciais, têm buscado cada vez mais opções que garantam camadas de proteção mais efetivas e ação imediata para inibir os criminosos”, comenta Tiago Perez Sarni, diretor de Marketing de Portfolio da Verisure Brasil.

Os índices apresentados pela empresa também são reforçados pelo Panorama do Setor de Segurança Eletrônica. Segundo o estudo realizado pela Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança (Abese), este segmento do mercado fechou 2023 com um faturamento acima de R$ 12 bilhões, com crescimento de cerca de 14% em relação aos R$ 11 bilhões registrados em 2022. Além disso, há expectativa de que o segmento cresça 18,5% em 2024.

“O investimento em segurança tem se tornado prioridade para os donos de imóveis, que desejam se proteger não somente contra roubos, furtos e invasões, mas também de situações como incêndios e danos elétricos. Isto tem influência também na busca por seguros residenciais e para pequenos negócios”, explica Sarni.

O balanço mais recente da Federação Nacional de Seguros Gerais (FenSeg) aponta que a contratação de seguros residenciais cresceu 25% no Brasil em quatro anos. Atualmente, cerca de 13 milhões de residências são seguradas no país. O levantamento também aponta que a região com o maior número de domicílios segurados é a Sul, com 29,7% de participação.

A Verisure tem realizado esforços para atender à crescente demanda da região. Em outubro de 2023 a companhia lançou o ZeroVision, escudo de fumaça que complementa o sistema de monitoramento e busca coibir a ação de criminosos ao ser acionado pela central de monitoramento nos casos de invasões confirmadas. Hoje, cerca de 30% das vendas do sistema de alarmes da Verisure na região Sul incluem o inovador dispositivo. 

“Em pesquisa encomendada pela Verisure e realizada pela Kantar em 2023, 87% dos brasileiros afirmaram ter medo de roubos a residências e 35% apontaram a intenção de comprar um alarme nos próximos 3 anos”, comenta Sarni. “Contar com um sistema extra de proteção, que monitore seu imóvel 24h por dia, passou a ser também um sinônimo de busca por tranquilidade para os proprietários,” destaca o executivo.

Notícias Relacionadas

Destaque

Polícia Federal deve iniciar fiscalização a bancos após 1 ano da publicação da portaria sobre segurança privada

Neste mês, completa um ano desde a publicação da portaria que regulamenta iniciativas para aumentar a segurança da população, empresas…

Destaque

Auvo Lança Auvo Chat na Exposec 2024: Inovação em Comunicação para o Setor de Segurança Eletrônica

A Auvo, plataforma completa de gestão para equipes externas, confirma presença na Exposec 2024 e apresenta uma inovação ao público…

Destaque

Aeroscan e Performancelab na Exposec: onde a segurança e a eficiência se encontram

É com essa mensagem que Aeroscan e Performancelab juntas na Exposec reafirmam a integração de suas plataformas para aumentar o…