Segurança da maior festa alemã das Américas

A 35ª edição da Oktoberfest Blumenau recebeu milhares de visitantes de todo o Brasil e registrou uma redução de 40% de ocorrências criminais em relação a 2017. A utilização de tecnologia de ponta, softwares inteligentes, revisão e padronização nos processos de atuação da segurança, monitoramento de imagens e reforço policial foram algumas das estratégias empregadas que contribuíram com o bom resultado do festival.

Por Fernanda Ferreira

A Oktoberfest é um festival de cerveja mundialmente conhecido que foi criado em Munique, na Alemanha. No Brasil, o evento foi replicado na década de 1980 para celebrar a cultura alemã e atualmente é um dos maiores eventos turísticos do Brasil e uma das maiores Oktoberfests do mundo, chegando a receber mais de 500 mil visitantes por ano. A cerveja é a principal protagonista da festa, mas as tradições, música, dança, trajes e gastronomia típicos destacam a cultura germânica local.

Acompanhando as tendências tecnológicas, o festival, que aconteceu em Blumenau, Santa Catarina, entre os dias 3 a 21 de outubro, modernizou-se em uma série de aspectos, sendo a segurança a principal delas. Contando com a parceria do Digifort, Intelbras, Performancelab e com a revisão dos processos de gestão da segurança do consultor experiente em eventos, Igor Pipolo, além do total apoio da Polícia Civil e Militar, as ocorrências de crimes, como furtos, reduziram em 40% em relação a edição do ano passado. Conforme relatório da Polícia Civil, entre os dias 4 a 15 de outubro de 2017, foram registrados 232 boletins de ocorrência. Neste ano, de 3 a 14 de outubro, o número de boletins de ocorrência caiu para 139.

A utilização de tecnologias de ponta, revisão nos processos da segurança e o reforço policial foram alguns dos fatores que colaboraram com a redução dos crimes. Ao todo, 84 câmeras foram instaladas, entre elas, a câmera VIP 7360 da Intelbras, que conta com 8 sensores de 2 megapixels que captam a imagem em 360 graus e uma speed dome de 37x integrada. Com esse equipamento é possível analisar um detalhe específico sem perder o panorama geral fornecido pela imagem em 360 graus. “Com a ajuda dessa câmera, conseguimos encontrar uma quadrilha que estava realizando furtos de celulares durante o evento”, falou Milton Goetten, diretor da Minister, empresa responsável pela segurança do evento.

“Neste ano demos prioridade em instalar as câmeras nas entradas dos banheiros (as quadrilhas trocam de roupa para não serem encontradas), nos pontos de transição entre pavilhões, em todas as saídas de emergência, todas as entradas, praça de alimentação e uma visão geral do pavilhão”, explicou Milton.

Além disso, o sistema Digifort que já era utilizado em outras edições, como os recursos de contagem de pessoas e alerta de objetos abandonados, recebeu mais uma funcionalidade, o de reconhecimento facial dos visitantes em todas as entradas do evento. Em parceria com a Polícia Civil e Militar, a Minister recebeu uma lista com o perfil de 150 procurados da região, que foram cadastrados no sistema e , ao longo do evento, dois foragidos foram identificados através do analítico de reconhecimento facial. A ideia para as próximas edições do festival é implementar mais equipamentos e pelo menos uma câmera para cada duas cancelas para aumentar ainda mais a efetividade do monitoramento.

Outro grande diferencial que colaborou para a eficiência, agilidade e aumento da segurança do evento foi a utilização do sistema Perfomancelab. O software mede e gerencia o desempenho de toda a equipe que trabalha na Oktoberfest, sob o comando da Central de Controle, incluindo as equipes de manutenção, administração, brigada de incêndio, segurança e limpeza. Uma vez configurado o Sistema, com os processos bem definidos, os coordenadores de cada setor utilizam o aplicativo do Performancelab, através de um smartphone, conseguindo controlar todas as demandas operacionais, gerenciando cada evento, registrando ocorrências, identificando, corrigindo e prevenindo possíveis falhas, controlando as rondas dos vigilantes, checando o desempenho de cada colaborador, entre outros recursos. “Qualquer evento de qualquer natureza, desde sujeira, briga, roubo, confusão, prevenção de furto até um extintor sem lacre, a nossa equipe de campo tira fotos, registra no app e automaticamente pelo Sistema, segue para a nossa central de controle. Os eventos, uma vez no software Performancelab, são encaminhados para a área que irá solucionar as ocorrências”, disse Goetten.

O Sistema Performancelab é utilizado para evidenciar e padronizar os processos, registrar ocorrências, avaliar o desempenho dos colaboradores e então quantificar os resultados gerados, permitindo saber a origem de cada ocorrência, o tempo que levou para ser solucionado e como foi resolvido. “Chegamos a receber mais de 70 mil pessoas em apenas um dia de Oktoberfest, contando com centenas de seguranças e equipes de limpezas, o que faz necessário estar com tudo muito bem controlado e organizado para proporcionar aos visitantes bem-estar e segurança, e o Performancelab nos ajuda nisso”, contou o diretor.

Para aumentar ainda mais a segurança, a Minister testou também neste ano, a câmera Linkflow, que é colocada em volta do pescoço e grava 360 graus. Os testes foram realizados com os supervisores da empresa, que fizeram rondas com o equipamento e transmitiram as imagens em tempo real para o Centro de Comando. Dessa forma é possível checar os trabalhos dos colaboradores e se estão sendo feitos da forma correta.

Reforço policial

O efetivo policial dispensado para a Oktoberfest Blumenau também foi uma das ações que contribuíram com a segurança e a redução das ocorrências criminais no evento. Neste ano, os policiais foram equipados com body câmeras (câmeras de corpo) e drones para monitorar os desfiles, a área aberta da festa e os arredores da Vila Germânica. Todas as imagens captadas pelos drones são enviadas para a central de monitoramento para agilizar as ocorrências e atendimentos durante o festival. No dia 13 de outubro, um dos dias com maior movimentação na Oktoberfest, um furto foi flagrado por um drone e o suspeito foi detido.

Organização e comprometimento

Mais um dos diferenciais realizados pela equipe de organização do evento são as reuniões diárias com todos os setores envolvidos antes de começar mais um dia. Seguranças, brigadistas, vigilância sanitária, bombeiros e policiais relatam os problemas que ocorreram no dia anterior e programam as ações que serão realizadas ao longo do dia. Dessa forma, é possível evitar que os mesmos erros ocorram novamente.

A liderança da Minister também teve forte atuação ao longo do evento, chegando a caminhar diariamente cerca de 25 quilômetros pelos pavilhões. “Nos nossos contratos nossa liderança está sempre na linha de frente, comandando a ação junto com os colaboradores. Nos comprometemos ao máximo quando estamos realizando o nosso trabalho”, afirmou Goetten.

Um outro destaque foi o grande número de profissionais de segurança que visitaram a central de comando do festival durante a semana do dia 15 a 19/10, atraídos pelas inúmeras inovações implantadas e com os resultados conquistados.

Notícias Relacionadas

Segurança Eletrônica

Giga apresenta linha de acessórios completa para CFTV

No último ano, a Giga Security iniciou sua entrada no mercado de acessórios de CFTV e para sistemas de segurança…

Destaque

Telcabos fecha parceria com a Motorola Security para distribuição de produtos de CFTV

A Motorola Security, empresa do grupo Motorola que está presente no mercado há mais de 90 anos, fechou uma parceria…

Em Foco

Em Foco com Papo Segurança: Aprendendo sobre segurança eletrônica no Youtube

“Seja bem-vindo ao canal Papo Segurança, a aula de hoje será sobre…”. É com essa frase introdutória que o consultor…