Três benefícios de soluções de segurança física baseadas em nuvem

Depois de realizar uma pesquisa sobre o mercado de segurança física, a Genetec constatou que que 47% dos profissionais do setor planejam iniciar ou implementar partes de sua solução de segurança na nuvem

Todos os anos cresce o número de empresas que decidem migrar suas soluções das mais diversas áreas para a nuvem. Um relatório publicado recentemente da Genetec mostrou que esta tendência agora chega ao mercado de segurança física, com 47% dos profissionais afirmando que estão avaliando a migração ou iniciarão o processo.

“Nossa plataforma de segurança física unificada, o Genetec Security Center, permite a integração das mais diversas ferramentas de segurança, possibilitando uma visão panorâmica de todas elas em uma única tela. O fato de poder adotar a plataforma e todos os demais sistemas na nuvem é uma vantagem adicional em termos de praticidade, escalabilidade e confiabilidade, além dos ganhos em termos de produtividade, maior retorno sobre o investimento e redução de custos”, afirma Rodrigo de Oliveira, Gerente de Contas Globais na Genetec Brasil.

Ao realizar sua análise das tendências do setor para este ano, a Genetec, líder em tecnologias de segurança unificada, gestão de operações e soluções de inteligência de negócio, identificou também os três principais benefícios da adoção da nuvem:

Alcançar níveis mais altos de redundância – ao migrar a solução completa para a nuvem ou implementar um modelo híbrido, os dados do seu sistema podem ser armazenados com redundância tripla na nuvem. Isso significa que, se houver um desastre na sede da empresa ou uma falha de servidor em seu datacenter, não haverá perda de informações.

Possibilidade de criptografar dados entre os dispositivos e a nuvem – a criptografia é fundamental para manter a proteção dos dados e sistemas de segurança. Com as soluções em nuvem, todas as informações são totalmente criptografadas. Portanto, mesmo que um agente de ameaças obtenha acesso aos dados, ele não poderá lê-los ou vê-los sem uma chave de criptografia.

É possível manter menos hardware, reduzindo a exposição aos riscos – Com uma verdadeira solução em nuvem, só é necessário que a empresa mantenha suas câmeras e equipamentos de controle de acesso. Não há necessidade de manter ou instalar servidores, o que significa que há menos pontos de entrada para possíveis invasores. Com menos vulnerabilidade, sua rede e seus negócios são mais resilientes.

“À medida que a demanda por poder de computação e requisitos de armazenamento aumentam, a maioria das empresas precisará de maneiras mais eficientes e acessíveis para acomodar suas necessidades de segurança física. As soluções em nuvem não apenas oferecem um caminho de implementação mais fácil e ágil, mas também ajudam a manter uma forte postura de segurança cibernética”, comenta Oliveira.

Notícias Relacionadas

Destaque

Estado de MG investe R$ 48 milhões em sistemas de segurança patrimonial de todas as escolas da rede

Primeiro lote de repasse dos recursos foi feito neste mês. Este é o maior investimento já realizado pela SEE/MG na…

Destaque

Joinville passa a contar com mais 140 câmeras para monitoramento da cidade

Parceria sem ônus para os cofres públicos foi assinada com o Grupo Khronos O prefeito de Joinville Adriano Silva e…

Destaque

Hikvision firma parceria com a Invenzi para novos produtos de controle de acesso

A Hikvision anuncia parceria com a Invenzi, empresa focada em fabricação de software para o mercado de produtos relacionados a…