Startup cria plataforma de monitoramento patrimonial

A startup Findrs anunciou o desenvolvimento de uma plataforma para monitorar, rastrear e localizar pessoas, bens e objetos. Com rápida implementação, fácil configuração e baixo investimento, a solução utiliza tecnologia de Big Data, Inteligência Artificial e Computação Cognitiva. Com isso, faz evoluir o conceito de Internet das Coisas (IOT) para Segurança das Coisas (SOT).

A proposta inicial da Findrs, de acordo com Renato Piza, sócio-diretor da startup, é justamente auxiliar o segmento de segurança por meio de uma solução tecnológica inovadora, que integra a localização em ambientes internos e externos, proporcionando controle, otimização dos serviços e aumento de performance, qualidade e eficiência. Isso significa, na prática, oferecer inteligência principalmente às empresas de segurança patrimonial, tendo elas atuação focada em casas, escritórios, condomínios, empresas, indústrias, operação logística, etc.

Piza conta que, de acordo com a consultoria alemã Statista, o mercado de segurança patrimonial é um dos que mais cresce no mundo. Estados Unidos, Europa e Ásia são os que mais investem na área. Até 2020, segundo levantamento da consultoria, a receita global do setor deve chegar a US$ 240 bilhões. No Brasil, esse mercado cresceu, em média, 8% nos últimos cinco anos e tem faturamento na casa dos R$ 50 bilhões.

A Associação Brasileira de Empresas de Segurança Eletrônica (Abese) apontou que o setor de segurança eletrônica faturou R$ 6 bilhões em 2017. “De acordo com a ONG americana Social Progress Imperative, o Brasil é o 11º país mais inseguro do mundo. Todos esses dados mostram o potencial do segmento e o tamanho do mercado que ainda pode ser explorado por aqui. Chegamos neste mercado para elevar o nível e ajudar as empresas de segurança a oferecer um serviço com mais qualidade e eficiência”, analisou.

O executivo explica que a solução Findrs aplicada à segurança viabiliza um salto de qualidade no serviço oferecido. Com ela é possível fazer uma supervisão mais apurada da atuação dos profissionais de segurança, rastrear frotas, localizar bens e controlar a base em tempo real. “O manuseio do app é simples e intuitivo. Além disso, ele pode ser totalmente customizado de acordo com a necessidade apresentada pela empresa de segurança”.

Notícias Relacionadas

Artigos

Enchentes: tecnologia que usa IA é usada para prevenção de desastres naturais

Por Hilton Carvalho, gerente de pré-vendas da Hikvision As enchentes são o tipo mais frequente de desastre natural e ocorrem…

Destaque

Axis Communications nomeia Luis Ceciliato como novo Gerente Nacional de Vendas no Brasil

Com ampla experiência no setor, Luis Ceciliato ingressou na Axis Communications em 2011 A Axis Communications anunciou Luis Ceciliato como…

Cases

Aeroporto de Heathrow Londres transforma operações aeroportuárias com a Genetec

Plataforma unificada de segurança física dá suporte às ambições do aeroporto de inovação contínua A Genetec anunciou hoje que o…