Serviço remoto de vigilância ganha destaque como solução para condomínios em tempos de pandemia

A inovação está revolucionando o mercado de segurança corporativa. Com a pandemia, avanços previstos para os próximos anos foram acelerados. Neste contexto, serviços remotos passaram a ganhar cada vez mais relevância para o segmento.

“A combinação de inteligência artificial e internet das coisas permite a segurança de lugares distintos a partir de um ponto fixo”, explica Solange Simões, diretora de Produtos, Centro Operacional e Planejamento da SegurPro.

Especializada em tecnologia e segurança patrimonial, a SegurPro desenvolve soluções integradas de segurança corporativa para o mercado B2B e vem ampliando o escopo de atuação para atender às recentes necessidades do mercado. Um dos novos serviços ofertados é o SPIA, que por meio de imponentes totens atua no atendimento e na segurança para empresas, através da combinação de profissionais capacitados com alta tecnologia.

A solução, diferentemente do que se encontra atualmente no mercado, oferece serviços de portaria, vigilância, controle de acesso e atendimento aos usuários de forma ágil e precisa. A principal vantagem é que no caso do SPIA a operação é conduzida por um profissional localizado no Centro de Controle Operacional da SegurPro, sem riscos de qualquer tipo de coação.

Com aproximadamente dois metros de altura, o SPIA além de funcionar como um complemento para as atividades de segurança tradicionais, é capaz de automatizar todo o processo de controle de acesso sem a presença humana no local – o que é um fator importante nestes tempos de pandemia onde evitamos o contato físico.

Monitoramento 360°

Entre os benefícios do SPIA estão, por exemplo, o monitoramento do perímetro em período integral, permitindo ações de prevenção e atuação imediata em caso de ocorrências. “A solução pode gerar ainda a otimização de 30% a 80% dos custos com segurança, de acordo com a necessidade de cada cliente”, afirma Solange.

A solução, inédita no país, é totalmente customizada de acordo com a necessidade do cliente. Entre as tecnologias que podem ser incluídas estão câmeras analíticas, reconhecimento facial, alarmes, luzes de emergência, impressoras térmicas, dispensadoras de cartões, leitores de documentos, entre outros.

“Apostamos em tecnologias que quebram paradigmas e possam promover mudanças no dia-a-dia do usuário. Investimos cerca de R$ 3 milhões no lançamento deste produto”, revela Solange.

Para viabilizar a operação do SPIA, a empresa conta com equipes estruturadas e dedicadas para apoiar o cliente. Antes da instalação, o ambiente é analisado e um grupo de consultoria recomenda quais funcionalidades são as mais adequadas para cada situação. O cliente conta ainda com manutenção preventiva do equipamento e apoio corretivo em ocorrências 24 horas por dia.

O SPIA também é protegido contra violações ou sabotagem, pois conta com câmeras de vigilância que monitoram o próprio equipamento e firewall aderente aos protocolos de cibersegurança.

Toda esta estrutura é monitorada remotamente do Centro de Controle da SegurPro, localizado em São Paulo e considerado o maior da América Latina, de onde a empresa gerencia a operação em todo o país, com profissionais preparados para a nova era.

Notícias Relacionadas

Destaque

Grupo Albatroz expande área de tecnologia e lança recursos de registro de ocorrências

Com o objetivo de trazer mais transparência, legitimidade e segurança entre usuários e vigilantes, o Grupo Albatroz traz ao mercado…

Cibersegurança

Ativy anuncia novo Account Manager da unidade de Cyber Security

A Ativy, empresa brasileira de Cloud Computing e serviços de tecnologia da informação, anuncia seu novo Account Manager da unidade…

Segurança Eletrônica

Zenitel lança interfone de vídeo TCIV+

A Zenitel anunciou o lançamento do intercomunicador TCIV+ (Turbine Compact Intercom Video). Combinando o incomparável áudio de alta qualidade da…