Retomada do varejo – A tecnologia em prol de um ambiente mais seguro para funcionários e clientes

Aos poucos, as atividades no varejo físico vêm voltando à normalidade. E essa retomada acontece justamente em um período bastante importante para o setor e que deve estimular a ida de um número considerável de consumidores às lojas: a Black Friday e as festas de final de ano.

Essa expectativa positiva vem acompanhada da preocupação dos lojistas em garantir a segurança de seus colaboradores e clientes em relação aos riscos de contaminação com a Covid-19.

Muitos estão na busca constante de alternativas que os ajudem a atender aos protocolos de saúde estabelecidos pelos órgãos governamentais, que englobam, entre outras medidas, manter a higienização do local e a evitar aglomerações em estabelecimentos comerciais.

Para a sorte desses profissionais, o mercado de segurança já conta com soluções de alta tecnologia que, além de evitar situações de perigo relacionados à pandemia, também previnem o estabelecimento de ser autuado por permitir cenários de risco em seu interior e arredores.

Conheça algumas das soluções que estão à disposição do varejo:

O monitoramento remoto com inteligência artificial permite ao lojista acompanhar toda a movimentação do estabelecimento em tempo real, pelo computador, tablet ou smartphone, para que ele tenha uma visão geral do espaço e possa tomar decisões de forma mais ágil e assertiva.

Já com o alarme inteligente de aglomerações, ele consegue estabelecer a distância mínima permitida entre as pessoas. A imagem é capaz de reconhecer quando essa distância é desrespeitada e o sistema emite alertas para que alguma medida seja tomada e a aglomeração evitada.

As câmeras térmicas, combinada com analíticos de vídeos, conseguem monitorar, em tempo real, a temperatura corporal de colaboradores, fornecedores e clientes. O sistema realiza a aferição da temperatura sem a necessidade de qualquer contato e emite um alerta para que a pessoa seja orientada a se retirar do local e a procurar auxílio médico.

Há, ainda, solução capaz de detectar o uso da máscara facial. Também com o uso de analíticos de vídeo, o sistema emite alertas ao reconhecer um rosto sem o acessório. A precisão da detecção pode chegar a 95%.

Assim como o varejo, diversos setores da economia têm pela frente um grande desafio, o de conseguir retomar suas atividades sem colocar em risco a saúde das pessoas.

Fonte: Avantia

Notícias Relacionadas

Destaque

Número de condomínios que utilizam portaria remota cresce 86% em 3 anos

Uma pesquisa realizada pela plataforma SíndicoNet em 2021 com 957 gestores de São Paulo mostra que 15,4% dos entrevistados migraram…

Destaque

Os três principais benefícios do vídeo inteligente para varejistas

Fala-se muito sobre como a análise de dados pode melhorar as operações de varejo. Mas, de acordo com Andy Martin,…

Destaque

Congresso ISC Brasil vai trazer novas tecnologias e tendências do setor de segurança integrada

Evento está incluído na pauta de atrações da exposição, que será presencial e realizada de 21 a 23 de setembro,…