Nuvem híbrida e os benefícios para VMS

Por Andrei Junqueira, Channel Business Manager da Milestone Systems para o Brasil

Nos últimos anos, o uso da nuvem já vinha se tornando uma realidade para a maioria das organizações ao redor do globo, em empresas de todos os portes e segmentos, inclusive na área de segurança eletrônica. Com a chegada da pandemia, a transição acabou se tornando, em muitos casos, uma urgência imposta pela nova realidade pandêmica, que trouxe mudanças drásticas da noite para o dia e as empresas tiveram que repensar suas estruturas para atender à nova demanda.

A nuvem tem se mostrado a melhor maneira das empresas responderem de modo ágil, eficiente e segura às mudanças e desafios. Uma pesquisa realizada pela IDG Research, encomendada pela IBM, consultou executivos de 143 grandes empresas no Brasil, com mais de 500 colaboradores. O resultado traçou um panorama do uso da nuvem no país: 59% das empresas já utilizam algum tipo de nuvem, 33% usam serviços de nuvem pública, 31% adotam a nuvem privada instalada na empresa (on-premises), enquanto 27% utilizam uma nuvem privada em um provedor terceiro.

Segundo a IDC (International Data Corporation), até o final de 2021, cerca de 75% das grandes empresas na América Latina vão dobrar a velocidade da sua mudança para uma infraestrutura de aplicativos centrada em nuvem, em comparação com o que tinham antes da pandemia, e, em média, 35% desses gastos de infraestrutura serão relacionados à nuvem.

Nuvem híbrida, o melhor de dois mundos

Antes de seguir adiante, vale esclarecer o conceito de nuvem híbrida, nuvem híbrida descreve uma configuração em que cargas de trabalho são implantadas em ambientes de computação baseados tanto em nuvem como na infraestrutura que se tem instalada localmente (on-premises).

A nuvem híbrida oferece às empresas que utilizam Sistemas de Gerenciamento de Vídeo (VMS) a possibilidade de aproveitar as vantagens e os melhores elementos dos serviços de ambas partes. Garante eficiência e flexibilidade, com possibilidade de crescimento e adaptação rápidos, exatamente o que esse momento de mudanças exige. Além disso, atua como ponte facilitadora para a futura adoção dos serviços na nuvem de maneira mais abrangente.

A questão econômica também é atrativa. Não é necessário gastar com a expansão da infraestrutura tecnológica, o que requer um investimento considerável. Essa demanda pode ser transferida para a nuvem, assim como a utilização de recursos ocasionais. Quando uma empresa passa por um período de aumento de demanda, ela pode escalar e pagar por esse aumento apenas quando necessário e não precisa arcar com altos custos permanentes.

Vantagens do uso da nuvem híbrida no gerenciamento de vídeo

Além dos fatores já citados como flexibilidade, escalabilidade e economia, o VMS aproveita a nuvem híbrida para possibilitar uma operação centralizada e simplificada.

Empresas com diversas filiais ou unidades podem adotar uma operação de vigilância centralizada de todos os seus locais de maneira eficiente, facilitando o monitoramento e a comunicação, com resposta rápida aos acontecimentos.

Com o armazenamento das imagens e áudios na nuvem, qualquer funcionário autorizado pode acessar remotamente todo o conteúdo, independente de onde estiver, a qualquer momento. O uso de senhas e criptografia garante a segurança das informações. Poder ter acesso em tempo real aos vídeos possibilita muito mais agilidade na reação a incidentes, viabilizando a tomada de decisões e respostas imediatas e até mesmo a antecipação de incidentes.

A instalação e configuração de um VMS em nuvem também é mais simples e pode ser feita de maneira remota através de uma interface de usuário intuitiva.

Além disso, os back-ups são feitos automaticamente, o que otimiza e facilita os processos, dispensando a necessidade de aquisição de mais servidores para o armazenamento dos arquivos. Assim, a nuvem representa economia, já que exige menor investimento em equipamentos e segurança.

A questão da segurança em ambientes públicos é primordial e uma das maiores inquietações das empresas no momento de adotar a nuvem. Evitar o vazamento de dados e informações sensíveis são a maior preocupação para 46,3% as empresas consultadas numa pesquisa realizada pela NTT, empresa global de serviços de tecnologia.

A vantagem da plataforma híbrida é justamente permitir que os dados sigilosos permaneçam no ambiente privado, garantindo sua segurança. Na nuvem, a informação está protegida por empresas especializadas que oferecem um padrão de segurança muito alto, além de equipes que garantem a proteção dos dados em tempo integral.

Para evitar problemas, é importante escolher serviços e profissionais de cloud especialistas, que garantam a gerência e integração da solução, permitindo que as organizações operem de maneira mais eficiente.

A nuvem híbrida permitirá às empresas seguirem se adaptando às constantes transformações e será um importante facilitador da transição para o futuro.

Notícias Relacionadas

Artigos

Enchentes: tecnologia que usa IA é usada para prevenção de desastres naturais

Por Hilton Carvalho, gerente de pré-vendas da Hikvision As enchentes são o tipo mais frequente de desastre natural e ocorrem…

Destaque

Axis Communications nomeia Luis Ceciliato como novo Gerente Nacional de Vendas no Brasil

Com ampla experiência no setor, Luis Ceciliato ingressou na Axis Communications em 2011 A Axis Communications anunciou Luis Ceciliato como…

Cases

Aeroporto de Heathrow Londres transforma operações aeroportuárias com a Genetec

Plataforma unificada de segurança física dá suporte às ambições do aeroporto de inovação contínua A Genetec anunciou hoje que o…