Metrô de São Paulo vai implementar câmeras com reconhecimento facial

As estações das linhas 1-Azul, 2-Verde e 3-Vermelha do Metrô de São Paulo vão ganhar novas câmeras de monitoramento com tecnologia de reconhecimento facial. A implantação está em fase de licitação, publicada no Diário Oficial do Estado no dia 28 de junho.

O sistema, de acordo com o Metrô, será digitalizado e tem como objetivo melhorar a segurança dentro e nos acessos das estações. A tecnologia poderá também rastrear objetos e detectar invasão de áreas – ficarão armazenados todos os dados dos últimos 30 dias.

Além das estações, as câmeras especiais serão utilizadas no CCO (Centro de Controle Operacional), nas vias entre as plataformas e nos pátios Jabaquara (linha 1-Azul), Tamanduateí (linha 2-Verde), Itaquera e Belém (ambas da linha 3-Vermelha).

As empresas interessadas em prestar o serviço devem enviar suas propostas até o dia 20 de agosto. O Metrô prevê um orçamento de R$ 69 milhões para o projeto, contemplando fornecimento, instalação e testes dos equipamentos de imagem.

Notícias Relacionadas

Destaque

Aumento de incidência de raios durante o final do verão demanda cuidado redobrado com equipamentos eletrônicos

O Brasil é um dos países com pior rede de distribuição de energia elétrica do planeta. Além disso, segundo o…

Destaque

Mercado de reconhecimento facial cresce, mas consumidores ainda desconfiam

Enquanto a segurança e a privacidade da tecnologia de reconhecimento facial seguem questionadas abertamente e ligadas ao surgimento de governos…

Destaque

WDC Networks anuncia revalidação do Certificado de Registro para comercialização de câmeras térmicas

A WDC Networks anuncia ao mercado a revalidação do seu Certificado de Registro (CR) de Produtos Controlados pelo Exército. O…