LGPD no cenário da segurança eletrônica

Por Fernando Almeida

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) chegou em um momento desafiador para o país – em meio à pandemia – e será aplicada por empresas de todos os tamanhos e setores. A proteção de dados é uma prática positiva, que materializará o respeito e, principalmente, o cuidado que devemos ter com as informações dos clientes.

Em nosso cenário – o setor de segurança eletrônica – o desafio é grande, pois além dos dados, também lidamos com imagens. Desenvolvemos uma estrutura adequada à LGPD integrada às soluções de analíticos de áudio e vídeo com inteligência artificial, controle de acesso, entre outras inovações que controlam com precisão dados confidenciais de clientes e parceiros. Instaladas em locais estratégicos, câmeras são importantes aliadas aos sistemas que colocam empresas em conformidade com a Lei Geral de Proteção de Dados.

A exploração de dados motivada pelo apelo comercial fez com que companhias ultrapassassem os limites e agissem de forma desenfreada ao ceder dados de clientes para empresas terceirizadas e até internamente. Hoje, a informação é o grande ouro das companhias e não há problema em analisar dados para ser mais assertiva na oferta. No entanto, obter o consentimento do dono da informação, ter cuidado e usar esse dado com prudência é fundamental para estabelecer uma relação ética e transparente com o cliente.

Na AVANTIA, instituímos uma Política de Segurança da Informação para intensificar o cuidado com os dados, que já era em nível avançado, pela sensibilidade da área. Nessa política, os documentos classificados como restritos ou confidenciais possuem acessos controlados e auditados. Também contamos com um comitê interno para assuntos relacionados à LGPD. O comitê é responsável por mapear os processos, analisar quais dados pessoais serão armazenados, checar periodicamente eventuais pontos críticos inerentes ao tema e realizar as adequações.

Em relação aos contratos com clientes, eles não oferecem guarda, transferência ou armazenamento de dados, que são os principais pontos de atenção relacionados à LGPD. As imagens não ficam gravadas na infraestrutura da AVANTIA. Os operadores de videomonitoramento têm acesso, apenas, aos fatos que demandam intervenção, detectados pelos analíticos de vídeo, para que executem o plano de ação pertinentes a esses eventos.

No nosso ambiente, temos vários controles implantados para atuarmos em compliance com à LGPD. Entre eles, os principais são:

• Restrição controlada com biometria para acesso ao ambiente de videomonitoramento;

• Proibição do porte de celular ou outros dispositivos de gravação dos colaboradores que atuam nesse ambiente;

• A rede do ambiente de videomonitoramento é separada da rede da AVANTIA;

• Aplicação de recursos físico e lógico para acesso ao ambiente de TI;

• O tráfego de informações entre clientes e a AVANTIA contam com a VPN (Rede Privada Virtual) criptografada.

Essas medidas foram pensadas para reforçar a segurança dos nossos clientes e aplicar internamente aquilo que entregamos com maestria – segurança inteligente. A nossa infraestrutura de TI é equipada com inovações que vão além da entrega convencional de segurança. Atuamos com Inteligência Artificial que nos ajuda a evoluir como empresa. E sempre seguiremos a premissa de que segurança nunca é demais, muito pelo contrário, é o recurso mais importante para comprovar a idoneidade de uma corporação.

Fernando Almeida
É formado em Análise de Sistemas e MBA em Gestão Empresarial. Iniciou sua carreira profissional na área de TI, com forte atuação na área de Telecom, Redes e Security. Atua como gestor de TI na Avantia Tecnologia e Segurança desde 2018, responsável pelas áreas de Security e Cloud.

Notícias Relacionadas

Destaque

Grupo Prosegur lança solução de custódia de ativos digitais para mercado corporativo

O Grupo Prosegur lançou uma solução abrangente de gestão e custódia de ativos digitais chamada Prosegur Crypto. O serviço é…

Destaque

Intelbras realiza live para profissionais de segurança eletrônica

A Intelbras realiza no dia 24/11 um evento on-line exclusivo para profissionais de segurança eletrônica. Essa edição do future.now on-line terá…

Artigos

Dados são o novo petróleo! O que você tem feito com os seus dados?

Por Christian Visval e Fernando Só e Silva Estamos todos inseridos na denominada “revolução industrial 4.0” ou até melhor, na…