De controles de acesso à iluminação pública inteligente – Khomp apresenta portfólio diversificado na Exposec

Tecnologia, acesso igualitário à internet, coleta de dados, mobilidade urbana e sustentabilidade fazem parte da nuvem de palavras que compõem o que se espera de uma cidade inteligente. Na corrida por esse modelo hiperconectado de infraestrutura, a Khomp, empresa brasileira referência em hardwares e softwares para telecom, também se destaca ao desenvolver soluções LTE (4G), IoT (internet das coisas) e controles de acesso, tecnologias que aproximam cidades brasileiras do tão desejado formato “smart city”. A empresa apresenta parte do seu portfólio e novidades na Exposec.

High Tech começa na entrada

Na busca de levar segurança para dentro de casas, condomínios e empresas, a linha de porteiros digitais da Khomp ganha novos modelos e recursos. Há versões que liberam o acesso por TAGs ou cartões customizáveis. Outras com teclado número para configuração de senhas. Modelos que conectam o porteiro ao celular do morador para liberação de acesso à distância. E ainda uma nova linha com câmera integrada, elevando a um novo patamar o nível de segurança.

Internet das Coisas nas ruas da cidade

Como outra novidade no estande, a Khomp irá apresentar a tecnologia por trás do poste inteligente com fotocélula.  O projeto tem o objetivo de levar para as ruas postes geolocalizados por GPS, com dimerização (sensores capazes de controlar o intensidade luminosa/consumo de acordo com a hora do dia ou as características da região) e outras funcionalidades acopladas como monitoramento de queda de energia,  telemetria de consumo e até giroscópio e acelerômetro, dupla que controla movimento e inclinação do poste, alertando em tempo real sobre possíveis ocorrências. O projeto está em fase final de desenvolvimento e tem previsão de lançamento comercial para o terceiro trimestre de 2019. “É um novo nível de interação entre Setor Público e Internet das Coisas. À distância será possível fazer a gestão dos postes e redução do consumo será percebida pelos cofres e pela natureza”, disse Eduardo Pfeifer, desenvolvedor de softwares da Khomp.

LTE e a importante disseminação da internet 4G

Falar de LTE – Long Term Evolution – é falar do padrão de rede 4G. Estima-se que até 2022 o 4G alcance 5,6 bilhões de novas conexões pelo mundo, liderando a participação do mercado em 60%.  Promissor e necessário para que outros avanços tecnológicos efetivamente aconteçam.

Trazendo o tema à Exposec 2019, a Khomp apresentará também a sua linha de eNodeBs – estações de rádio base que permitem construir sistemas seguros de comunicação e distribuição do sinal 4G nas mais variadas regiões do país.

Notícias Relacionadas

Destaque

WDC Networks fecha acordo com a IDEMIA para distribuição de soluções de biometria no Brasil

A WDC Networks anuncia hoje a assinatura de um acordo comercial com a líder global em identidade aumentada, IDEMIA, para…

Destaque

CIPHER participou da Exposec em parceria com a SegurPro

A CIPHER, empresa do Grupo Prosegur, participou em conjunto com a SEGURPRO da Exposec 2019. A empresa apresentou seu portfólio…

Destaque

Grupo Verzani & Sandrini trouxe soluções tecnológicas para estacionamentos na Exposec 2019

O Grupo Verzani & Sandrini trouxe para a Exposec 2019, além de toda sua expertise para o setor, soluções tecnológicas…