WDC Networks anuncia reestruturação de sua marca e posicionamento

Começou a ser visto pelo mercado nesta semana um trabalho de branding para atualizar a marca da WDC Networks. O objetivo do projeto foi evidenciar os diferenciais da empresa no segmento de tecnologia, ressignificando o que a marca pode entregar ao mercado e, ao mesmo tempo, demonstrando seu total preparo em um cenário em que a comunicação, a concorrência e as relações comerciais se transformam de forma cada vez mais dinâmica.

O termo “descomplica” foi o insight usado para apoiar o novo discurso da marca WDC Networks. “O cliente que nos procura precisa saber que encontrará soluções de ponta a ponta e de forma inteligente e descomplicada. Queremos que os nossos parceiros e clientes conectem-se ao essencial. As pessoas precisam de tempo para focar o que realmente interessa e o nosso propósito é resolver. Para tanto, tornamos os nossos colaboradores os protagonistas dessa mudança, porque a ajuda deles para descomplicar as relações neste mercado é essencial”, declara Vanderlei Rigatieri, CEO da WDC Networks.

Além de estabelecer uma nova identidade para a marca, a ideia também é fazer com que colaboradores, clientes e parceiros tenham sempre em mente o pioneirismo da WDC Networks em descomplicar em relação a produtos (facilitando ao cliente a escolha das melhores soluções em seu portfólio), logística (com estoque e capilaridade), financeiro (oferecendo formas novas de pagamento e fazendo com que o canal otimize o seu capital de giro), equipe (as pessoas são estratégicas e responsáveis pela experiência do cliente) e marketing (comunicando nossas soluções e liderando a transformação digital).

“Fomos o primeiro distribuidor a oferecer o modelo de tecnologia “as a service”, ou seja, nós descomplicamos a vida dos nossos clientes e parceiros desde 2013. A nossa maneira de fazer negócios fez com que nosso crescimento fosse acelerado nos últimos anos, quando a maioria estava estagnada. Somos mais digitais, mais ágeis e vimos a necessidade de ter um novo posicionamento e estruturação da nossa marca. Nós acreditamos que a tecnologia melhora a qualidade de vida das pessoas, nosso propósito é conectar as pessoas e empresas a tecnologias inovadoras. Além de conseguir antecipar tendências, buscamos uma sinergia entre os processos de transformação digital de nossos parceiros e clientes, usando nossa capacidade de mudança e de adaptação como fator de competitividade”, destaca Rigatieri.

A WDC investiu na revisão de sua identidade verbal e visual, usando atributos que representam a nova fase da organização, que agora se posiciona como uma empresa de tecnologia, deixando de ser apenas um distribuidor de produtos. “Em meio a todo este processo valorizamos a força da marca Casa Conectada, adquirida em 2019, que nos aporta muito valor. Partimos de uma submarca já existente no grupo e, com base nela, definimos a nossa nova marca institucional. Agora, em uma segunda etapa, estamos promovendo a organização do nosso portfólio e das nossas unidades de negócios, conferindo ainda mais agilidade às operações”, explica Junior Carrara, diretor de vendas e de marketing da WDC Networks.

O trabalho de branding foi resultado de um processo que envolveu toda a empresa. Foi montado um comitê interno com a participação de vários colaboradores, que viveram junto à agência uma jornada. “Realizamos uma investigação com clientes e stakeholders (inclusive externos), não para avaliar imagem da WDC em si, mas para entender os rumos que o mercado estava tomando e o quê ninguém estava falando. Apresentamos um diagnóstico evidenciando as oportunidades que a empresa teria para se posicionar. Ficou evidente que os clientes e parceiros esperam uma relação de proximidade, simplicidade e agilidade”, afirma Carrara.

Notícias Relacionadas

Segurança Eletrônica

Tecnologia na área de segurança vai detectar invasão por meio de fibra óptica

Usar o que há de melhor na tecnologia nacional para garantir a segurança em grandes áreas evitando invasões e furtos….

Cases

Edifício paulistano aumenta segurança e reduz custos condominiais pela metade após adoção de portaria virtual

Por Redação Com o aumento do mercado de portaria virtual, os condomínios brasileiros começam a aderir de forma mais assertiva…

Artigos

Aumento de usuários, chegada do 5G e LGPD fazem empresas redobrarem cuidados com incidentes de segurança

Por David Tudino Com o avanço da tecnologia e o crescente número de usuários de computadores, smart tvs, celulares entre…