Três fatores para considerar ao fazer seu projeto de CFTV IP

Por Adriano Oliveira

Ao fazer um projeto de CFTV IP, o profissional de segurança deve levar em consideração alguns itens importantes para que o sistema de vigilância funcione adequadamente.

Antes de mais nada, devemos considerar qual a necessidade (ou vontade) do cliente, sua expectativa sobre quais resultados ele quer atingir com seu sistema de segurança e, é claro, encaixar tudo isso em seu orçamento.

Tecnicamente, existem alguns pontos que o profissional de segurança eletrônica deve levar em conta quando for desenhar o projeto:

1. Escolha da Câmera

Para um bom projeto de CFTV é necessário conhecer o local onde as câmeras serão instaladas. O ideal é fazer um site survey para conhecer os pontos que o cliente deseja monitorar; a escolha da câmera/lente deve levar em consideração, no mínimo, fatores como:

Tipo e intensidade de iluminação do ponto monitorado durante o dia e durante a noite;

Tamanho da área que se deseja monitorar bem como o nível de detalhes desejado; • Luz de fundo e possível contraste entre claro e escuro na mesma imagem;

Tipo de invólucro: uma câmera instalada em ambiente externo deve ter proteção contra chuva e poeira, já uma câmera em ambiente hostil, mesmo que em área interna, deve ter proteção contra vandalismo.

2. Infraestrutura e Cabeamento

Como estamos falando de CFTV IP devemos levar em consideração as normas para cabeamento estruturado. A NBR 14565, por exemplo, é a norma de cabeamento estruturado para edifícios comerciais e data centers, e deve ser levada como base ao se fazer um projeto de CFTV IP.

Entre outras coisas, é preciso escolher corretamente o tipo de cabo que será usado para a instalação das câmeras. Em ambientes comerciais os mais utilizados são os cabos categoria 5e, 6 ou 6A. Na maioria das vezes um bom cabo UTP (Unshielded Twisted Pair) já é o suficiente, mas caso o ambiente tenha muita interferência, pode haver a necessidade de um cabo com proteção extra.

Caso a distância seja grande ou uma grande quantidade de dados seja transportada na rede, o uso de fibra óptica também é recomendado.

Também deve ser levada em consideração a instalação de caneletas e eletrocalhas por onde os cabos deverão passar respeitando sempre uma taxa de ocupação máxima, onde se recomenda 40%, mas que pode chegar aos 60% quando feita uma adição não planejada originalmente.

3. Sobre Gravação

O cliente irá solicitar quanto tempo de gravação ele precisa, mas para calcular o tempo de retenção das imagens, será necessário saber as seguintes informações sobre a gravação das imagens:

Quantidade de câmeras;

Resolução, taxa de quadros por segundo, qualidade e codec de compressão;

Definir se a gravação será contínua ou por movimento; neste último caso, uma estimativa do consumo de disco pode levar em consideração o tipo de ambiente monitorado.

A variação na quantidade de espaço em disco necessário pode mudar de fabricante para fabricante. O mesmo vale para diferentes softwares de gravação no mercado. É possível encontrar na internet calculadoras para fazer essas estimativas.

É importante fazer um estudo, pois o preço do projeto irá variar de acordo com a quantidade de discos necessários para atender o tempo de gravação solicitado pelo cliente.

Conclusão

Ainda que não sejam os únicos, esses três pontos são de extrema importância para o sucesso do projeto e implantação de um sistema de CFTV IP em um ambiente corporativo e o profissional de segurança deve prestar atenção em todos esses detalhes para entregar um sistema com ótimo desempenho e resultado para o cliente.

Adriano Oliveira trabalha com segurança eletrônica há mais de 18 anos, tem pós-graduação em segurança da informação, é formado em redes, trabalha como gerente de produtos na Dahua Technologies e mantém o blog Hardware Magazine.

Notícias Relacionadas

Segurança Eletrônica

Johnson Controls apresenta as novas câmeras Illustra Pro com tecnologia WDR inteligente

A Johnson Controls aumentou a família de câmeras Illustra Pro com o lançamento da mini-dome Illustra Pro. A novidade incorpora…

Em Foco

Em Foco Genetec: Ampliação do leque de verticais

Somente em 2018, a Genetec registrou o dobro em vendas em relação ao ano anterior, e neste ano já apresenta…

Destaque

ISS apresentará tracking de acesso durante a ISC 2019

Líder no desenvolvimento de sistemas de vigilância de segurança e vídeo analíticos, a ISS anuncia sua participação na ISC 2019,…