Segurança patrimonial: novas soluções estimulam o setor

Em tempos de crise e insegurança, cresce a demanda das empresas por proteção patrimonial em todo o mundo. Prova disso é que esse setor de serviços tem aumentado seus lucros em diversas regiões, como Estados Unidos, Europa e Ásia. A receita do mercado global de tecnologia e serviços de segurança deve chegar a 240 bilhões de dólares até 2020, segundo levantamento da Statista, consultoria alemã de pesquisa independente.

A tendência também vale no Brasil. O país é o 11º na lista dos mais inseguros do mundo, de acordo com a ONG americana Social Progress Imperative, que mediu a qualidade de vida em 132 nações. Isso explica os 6,52 bilhões de reais em vendas do setor de segurança eletrônica no Brasil em 2018, alta de 8% em comparação ao ano anterior, segundo dados da Pesquisa Nacional sobre Segurança Eletrônica, realizada para a Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança (Abese). Até o fim de 2019, o segmento espera fechar o ano com crescimento de 10%.

Entre os itens mais buscados pelas companhias estão as câmeras de monitoramento e os alarmes, que ajudam a garantir a segurança patrimonial. Um levantamento feito com as revendas em todo o Brasil da Intelbras, empresa que há mais de 40 anos atua em soluções de segurança, redes, comunicação e energia, relevou que a maior preocupação de pequenos e médios negócios é a necessidade de monitorar tanto dentro quanto fora da empresa.

Soluções como câmeras de vigilância podem inibir as atividades suspeitas e prevenir pequenos furtos que acontecem, por exemplo, no varejo, em lojas de roupas, calçados e supermercados. É por isso que câmeras digitais (IP) e analógicas são os produtos mais vendidos do setor de segurança pública e patrimonial.

Já para evitar casos de invasão, sistemas de alarmes identificam ameaças por meio de seus sensores que detectam movimento ou criam barreiras invisíveis. O empreendedor pode ter uma central de alarme monitorada – quando uma empresa terceira de segurança é acionada para verificar o motivo do disparo. Mas também é possível receber os avisos por aplicativos que ficam conectados aos aparelhos.

Controle na palma da mão
A possibilidade de monitorar o sistema de segurança pelo smartphone é uma boa opção para pequenas e médias empresas, principalmente por ter um bom custo-benefício. Tanto os sistemas de alarme quanto a solução de monitoramento CFTV (circuito fechado de televisão) da Intelbras podem ser controlados em tempo real por um aplicativo gratuito, o Intelbras Guardian, disponível para Android ou iOS.

A solução Guardian permite que os sistemas de monitoramento funcionem de maneira integrada. Por meio de uma inteligência em nuvem, os equipamentos podem ser coordenados para que eventuais perigos sejam detectados e capturados em foto ou vídeo. Funciona assim: se acontecer o disparo de um alarme, cujo sensor esteja associado a uma câmera, o sistema capta imagens do momento da intrusão e notifica o usuário pelo smartphone.

Outra vantagem é que, ao instalar o aplicativo, é possível que o empreendedor adicione mais de um local, como as câmeras da loja e o alarme da filial, entre outras opções. Assim, ele consegue ter uma visão completa da segurança patrimonial de todo o seu negócio.

O Guardian também permite a visualização de câmeras ao vivo. Além disso, é possível dividir a área de visualização em quatro partes para ver várias câmeras ao mesmo tempo. Já com a função Playback, na mesma tela de visualização da câmera ao vivo, o usuário pode escolher um momento do passado e assistir ao vídeo que foi gravado.

Tudo isso ajuda a potencializar a segurança das empresas 24 horas por dia. Assim, além de ter o controle de toda a segurança do estabelecimento na palma da mão, o empreendedor inibe atividades suspeitas e mantém seu patrimônio protegido. E, com essa tranquilidade, pode focar seus esforços em algo muito importante: expandir cada vez mais seus negócios.

Notícias Relacionadas

Destaque

Nova ferramenta potencializa a qualidade das instalações dos sistemas de vídeo

Dispor de uma visão global das melhores práticas para a instalação e implantação de soluções de vídeo confiáveis e escaláveis…

Segurança Eletrônica

FLIR lança a câmera termográfica destinada a socorristas mais accessível de seu inventário

A FLIR Systems anunciou o lançamento da câmera de imagem térmica portátil FLIR K1, a mais acessível da empresa para…

Artigos

Por que o setor de tecnologia para segurança se mantém aquecido?

Os altos índices de criminalidade e assaltos a residências, empresas e condomínios no Brasil têm mantido o setor de tecnologia…