Porto mais moderno da Colômbia incorpora inteligência artificial para reforçar sua segurança

Graças à implementação de soluções da Tyco, a empresa também reduziu em 30% seus gastos operacionais com segurança

A Johnson Controls divulgou sua mais recente solução de alta segurança instalada em Puerto Bahía, o terminal portuário mais moderno da Colômbia.

O porto, localizado no coração da baía de Cartagena e em funcionamento há apenas seis anos, tornou-se uma referência em tecnologia e otimização de recursos por contar com o primeiro píer de granéis líquidos totalmente automatizado do país, com uma capacidade de armazenamento de hidrocarbonetos de quase 2,7 milhões de barris.

Devido a essas características, somadas ao alto fluxo de funcionários, prestadores de serviços e visitantes, o porto necessitava uma solução de acesso, monitoramento e videovigilância que atendesse aos mais altos padrões internacionais.

O primeiro passo para Puerto Bahía foi implementar o sistema de gerenciamento de eventos e controle de acesso C•CURE 9000 para facilitar a gestão da entrada de funcionários, prestadores de serviços e visitantes. Essa solução escalável admite até 5 mil leitoras por servidor e 500 mil portadores de cartões de controle de acesso. Além disso, como o sistema permite a visualização de vídeos e relatórios dinâmicos sobre a atividade do sistema, alarmes e visitas, foi possível centralizar a gestão das operações de segurança. Com o C•CURE 9000, é possível aproveitar a funcionalidade de mapas e a visualização dinâmica para obter informações críticas e melhorar o tempo de resposta em caso de incidentes de segurança.

Para poder realizar um monitoramento visual das instalações, Puerto Bahía implementou 136 câmeras Illustra Flex. Foram distribuídas câmeras IP em todo o interior das instalações e nas áreas externas a fim de capturar imagens de alta qualidade, tanto durante o dia quanto à noite. Dessa forma, o terminal pode tirar proveito de recursos como imagens de alta definição e a detecção antissabotagem integrada, que identificam rapidamente uma luz brilhante ou uma lente bloqueada. Além disso, o modo Dia/Noite permite gravar vídeo de alta qualidade em condições de pouca luminosidade.

Cada câmera é monitorada em tempo real através do sistema de gerenciamento de vídeo (VMS) exacqVision, uma solução escalável, intuitiva e fácil de usar. Graças a esse sistema, a equipe de segurança portuária consegue marcar gravações importantes para visualizá-las em outro momento ou realizar uma pesquisa rápida de anomalias no vídeo.

Inteligência artificial para reforçar a segurança

Valendo-se dos mais recentes avanços tecnológicos, Puerto Bahía também incorporou o Tyco Radar, a primeira implementação desse tipo na Colômbia, composta por um sistema integrado de radares em terra firme com câmeras automáticas que rastreiam intrusos. Com 11 radares no total, o sistema Tyco Radar proporciona uma cobertura completa de todo o perímetro do terminal marítimo.

“Durante o processo de desenvolvimento da solução, incorporamos a plataforma de inteligência artificial no Tyco Radar, junto com a integração do exacqVision, para permitir a classificação de objetos nos vídeos em tempo real e a identificação de possíveis alarmes falsos”, comenta Mónica Prieto, Gerente de Desenvolvimento Empresarial da Johnson Controls para o Norte da América Latina e Região Andina.

A executiva também ressaltou que o mecanismo de aprendizagem profunda proporciona uma maior eficácia na proteção perimetral de Puerto Bahía, já que permite que os operadores avaliem o risco daquilo que estiverem rastreando através do sistema Tyco Radar, como automóveis, motocicletas, pessoas ou animais. “Quando isso acontece, o sistema rastreia a intrusão automaticamente por meio da função PTZ das câmeras Illustra”, acrescenta Prieto.

Tecnologia de ponta que reduz os custos de operação

A implantação tecnológica no porto permitiu demonstrar que a transformação digital não é sinônimo de enormes investimentos irrecuperáveis. “Investimos em tecnologia de ponta e, como resultado, tivemos uma redução imediata de 30% nos custos associados à segurança”, explica Alejandro David Sejnaui, Diretor de Tecnologia e Processos de Puerto Bahía.

Como parte de sua estratégia de transformação digital “DigiPort”, a empresa está implementando novos projetos de automação e inovação baseados em tecnologias 4.0, como blockchain e inteligência artificial, que permitirão que Puerto Bahía seja uma referência em segurança portuária em toda a América Latina.

Notícias Relacionadas

Destaque

Grupo ASSA ABLOY Brasil reposiciona Vault para ASSA ABLOY Controle de Acesso

A mudança mira no fortalecimento da operação A Vault, empresa de tecnologia que atua há mais de vinte anos desenvolvendo barreiras…

Destaque

Volta às aulas: como a tecnologia pode minimizar os riscos de transmissão da covid-19 com o retorno das atividades presenciais

Com o aumento do número de vacinados contra a covid-19 no Brasil, volta a discussão sobre o retorno das aulas…

Destaque

Intelbras é ganhadora do Prêmio Lide SC 2021

Empresa recebeu o reconhecimento na categoria Tecnologia e Inovação A Intelbras foi a ganhadora do Prêmio Líderes de Santa Catarina 2021 na categoria Líder…