Incluir para proteger: conheça o conceito de segurança da Planet Smart City

Muros altos, portões e recursos de controle de acesso são sinônimo de segurança na maior parte dos empreendimentos imobiliários. Apostando no caminho inverso, a Planet Smart City inova ao apresentar um conceito de cidade acessível que promove a segurança através da inclusão social e da inovação digital e já é realidade no Brasil. 

Enxergando na redução das desigualdades um caminho para o cuidado dos espaços e das pessoas, a Planet aposta no acesso às oportunidades para criar um sentimento de pertencimento. “Acreditamos que espaços abertos com acesso a serviços gratuitos fazem com que as pessoas da vizinhança ao redor das nossas cidades se aproximem, se sentindo integrantes e responsáveis pela preservação e pela segurança daquele lugar que oferece o contato com diversão, capacitação e muitos outros benefícios para todos”, conta a CEO da Planet no Brasil, Susanna Marchionni. 

Por isso, antes mesmo da construção das casas, são entregues os Hubs de Inovação, espaços que oferecem serviços gratuitos focados nas pessoas. Com cinema, biblioteca e espaço de troca de livros, a Planet democratiza o acesso à cultura. Com cursos de idioma e coworking com Wi-Fi gratuito, o espaço incentiva também o estudo e o trabalho, beneficiando não somente os moradores, mas a todas as pessoas da região. 

Para acompanhar a programação e ter acesso a alguns dos serviços, é necessário possuir o Planet App, aplicativo próprio gratuito que promove a interação nas cidades. Além disso, é possível ter acesso às câmeras do hub e das áreas comuns, conhecer os comércios locais e estabelecer comunicação com os moradores.  

A comunicação, inclusive, também é um recurso utilizado para garantir a segurança. Com um botão de alerta, em situações de perigo, o morador pode acionar até cinco pessoas cadastradas enviando uma mensagem com geolocalização. 

Com a mistura de áreas residenciais e comerciais, a circulação e a presença de pessoas são constantes em diversas faixas de horário, o que faz com que o planejamento urbano também seja um aliado, aumentando naturalmente o nível de segurança e facilitando o acesso a bens e serviços em qualquer ponto da cidade. 

O Ceará já conta com duas cidades inteligentes inclusivas, a Smart City Laguna e a Smart City Aquiraz, e o Rio Grande do Norte conta com a Smart City Natal. Próximas das capitais e de pontos turísticos, os empreendimentos se consolidam como uma opção inovadora, inclusiva e, principalmente, segura para morar. 

Saiba mais em: www.planetsmartcity.com.br/smart-city-aquiraz

Notícias Relacionadas

Controle de Acesso

Suprema lança modelo de impressão digital do X-Station 2

Autenticação de impressão digital adicionada à linha de opções de código QR/RFID do X-Station 2 Suprema, líder global em segurança…

Destaque

No Japão, turistas fazem pagamentos apenas mostrando o rosto

Um projeto-piloto no balneário japonês de Shirahama, a 600 km da capital Tóquio, vai permitir que turistas façam pagamentos apenas…

Destaque

Hikvision fecha parceria com Gurtam para integração da plataforma de rastreamento

A Hikvision anunciou uma parceria com a Gurtam, empresa desenvolvedora e fornecedora de soluções de software para monitoramento GPS, telemática…