Grêmio implementa mudanças em tecnologia de segurança para suportar aumento de tráfego em rede

Visando aperfeiçoar a segurança e o tráfego em sua rede interna e baixar custos com telecomunicação, o Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense vem adotando novas tecnologias de segurança para garantir a continuidade do seu negócio.

Com a inauguração das novas instalações do Centro de Formação e Treinamento Presidente Hélio Dourado, o Clube investiu em seu sistema de segurança com equipamentos Sonicwall e rede SD-WAN, automatizando processos e estabelecendo controles internos e externos mais confiáveis.

Além do CFT, o Clube construiu um anel de segurança entre suas sedes (CT Luiz Carvalho, CT do Cristal, administração na Arena e loja GrêmioMania), com firewalls automatizando inúmeros processos de segurança.

“As soluções da SonicWall resguardam toda a infraestrutura de perímetro de rede, oportunizando um acesso seguro a todo o staff do clube. O CT Hélio Dourado, em especial, ganhou o firewall mais robusto, que apoia as atividades dos atletas da categoria de base que treinam no local. A rede e os sistemas de segurança suportam alta carga de vídeo voltada ao entretenimento, como videogames e streaming acessados por smart TVs e smartphones, além de notebooks para o ensino remoto. Essa infraestrutura garante a educação e o lazer dos atletas alojados no local”, explicou Diego Baldi, administrador de redes multiplataforma e infraestrutura do Tricolor.

A implementação do projeto contou com o apoio da Maxprotection, parceira de negócios da SonicWall que atua como consultora de tecnologia de segurança responsável por todo o suporte do ambiente.

“O projeto da rede e a distribuição dos equipamentos de segurança do Grêmio levou em conta a carga de tráfego de dados e vídeo em cada localidade e a proteção e a estabilidade da rede”, detalhou Tiago Trindade, System Engineer da Maxprotection Security Solutions.

Cada CT foi conectado com links VPN e redes SD-WAN substituindo a rede MPLS, o que permitiu que o Clube também reduzisse custos com telecomunicações.

Benefícios

Cada CT foi conectado com links VPN e redes SD-WAN substituindo os serviços MPLS e reduzindo custos de telecomunicações;

Maior proteção e estabilidade da rede devido ao balanceamento da carga de tráfego de dados e vídeo em cada localidade;

Identificação de acessos indevidos;

Rede administrativa é isolada de outras aplicações, aumentando a segurança;

Túneis de VPNs seguros são a base da conexão entre os sites e recebem, numa camada superior, a SD-WAN, rede de longa distância definida por software;

Gerenciamento centralizado do ambiente.

Notícias Relacionadas

Artigos

Como proteger estádios e arenas esportivas com tecnologia de segurança

Por Leopoldo Ruíz, Diretor Regional para a América Latina da Axis Communications Este mês tem sido uma temporada esportiva bastante…

Controle de Acesso

ASSA ABLOY Controle de Acesso passa a comercializar produtos Mul-T-Lock no Brasil

Referência em segurança desde 1973, agora é a vez dos brasileiros aproveitarem a qualidade dos acessórios e produtos da marca…

Cibersegurança

Entenda que é um apagão cibernético e quais são os riscos

Uma falha de grande magnitude, que compromete o funcionamento de sistemas interconectados e, portanto, pode afetar uma porção significativa dos…