Adistec Brasil encerra 2020 com bom desempenho e registra 10% de crescimento

A Adistec Brasil, distribuidora de valor agregado com foco em infraestrutura para Data Centers e Segurança da Informação, encerrou o ano de 2020 com um crescimento de 10% na operação, em comparação ao mesmo período do ano anterior.

Para o country manager da Adistec Brasil, José Roberto Rodrigues, apesar das metas iniciais de crescimento serem superiores aos 10%, em um ano desafiador como 2020, o resultado é considerado positivo e foi impulsionado pela consolidação do modelo de home office como um novo formato de trabalho, além da entrada em vigor da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que alavancaram um aumento na demanda por soluções de segurança e infraestrutura de ponta. 

“As áreas de TI ganharam poder neste curto período e mais recursos no orçamento para investir. A partir desse cenário, criamos um ecossistema com os melhores parceiros do mercado para que de forma integrada pudessem fornecer às empresas ferramentas completas que as auxiliarão no ganho de produtividade e ao mesmo tempo entrarem em conformidade com a segurança dos dados”, disse o executivo.

Na visão do country manager, a principal adversidade enfrentada no período foi a constante oscilação do dólar, o que afetou a correção de preços e importação dos insumos, impactando diretamente na oferta de produtos e serviços da empresa. Apesar disso, a proximidade com as revendas parceiras fez com que o modelo de atuação da Adistec, como uma distribuidora de valor agregado, contornasse essa fase desafiadora de 2020.

“A partir do fortalecimento das parcerias e da cobertura em todo o território nacional, a Adistec continua com o propósito de complementar o seu portfólio de soluções de ponta em cibersegurança e a potencializar sua capacidade de distribuição”, afirma.

Segundo Rodrigues, a Adistec prevê um crescimento de 25% em 2021 em relação ao ano anterior. Para consolidar essa meta, a distribuidora pretende focar na manutenção da proximidade com o canal a fim de apoiá-lo na geração de novos negócios de ponta a ponta. Para atender as necessidades dos canais e seus respectivos clientes, a distribuidora também prevê o fomento das vendas de produtos com a entrada de novos fabricantes em seu portfólio e, consequentemente, investimentos em capital humano. “Como distribuidora de valor agregado nossa missão é capacitar as revendas para inovarem na entrega dos projetos”, diz.

Outra estratégia é seguir o plano de expansão da capilaridade, principalmente nas regiões Norte e Centro-Oeste, ao agregar novos parceiros de negócios nessas localidades, consideradas promissoras na visão do executivo.

“Iremos investir fortemente na capacitação e treinamento de nossos atuais canais parceiros para levar nossos serviços e soluções aos quatro cantos do país, além de ampliar a nossa rede de revendas, em suas diversas modalidades. Apostamos no nosso modelo de negócio que é baseado no desenvolvimento e geração de demanda, qualidade de atendimento e resposta rápida ao canal”, ressalta Rodrigues, ao completar que a temporada de webinars e eventos online será mantida em 2021. “Vamos continuar levando informação de qualidade aos nossos canais parceiros e debatendo novas tecnologias e tendências de mercado como sempre fizemos, só que agora no formato remoto”, conclui.

Notícias Relacionadas

Destaque

Mercado imobiliário do Rio aposta em tecnologias de segurança de última geração

O mercado imobiliário do Rio tem lançado cada vez mais condomínios de alto padrão com recursos tecnológicos voltados para a…

Destaque

Dahua Technology anuncia programa de estágio

A Dahua Technology anuncia o programa de estágio 2021 com duração de até dois anos. As inscrições podem ser feitas…

Destaque

SP está prestes a liberar câmeras com reconhecimento facial no metrô e trem

O uso de câmeras de reconhecimento facial em metrô e trem pode ser aprovado em breve pelo governo paulista. A…