5 motivos para investir no controle de acesso da sua empresa

Cancelas, crachás e alguns vigilantes já não são mais suficientes para controlar o acesso de pessoas e garantir a segurança nas empresas. Com o aumento da criminalidade e da criatividade dos marginais para encontrar formas de burlar a segurança, os empresários também precisam buscar novas maneiras para proteger o patrimônio e seus funcionários. Para isso, é possível contar com a tecnologia para melhorar o controle de acesso nas dependências da empresa.

O controle de acesso nas empresas é feito por meio de equipamentos com ou sem softwares. Eles identificam os colaboradores e gerenciam quem tem acesso a quais áreas, por meio de senhas, cartões magnéticos, crachás com chips e até biometria. Os equipamentos de controle de acesso podem ser instalados tanto em pequenas como em grandes empresas.

Por exemplo, as pequenas organizações podem colocar o controle de acesso na entrada principal, gerenciando o fluxo de pessoas. Já as organizações maiores, que têm mais departamentos e precisam controlar diferentes acessos, podem instalar o equipamento em cada acesso interno, autorizando apenas que funcionários específicos entrem nestes locais. É uma forma de proteger documentos, equipamentos e outros tipos de dados estratégicos e informações confidenciais.

Pensando nisso, separamos 5 motivos para você investir no controle de acesso e proteger sua empresa. Vamos lá?

Vantagens de utilizar o controle de acesso

1. Mais segurança
Os sistemas de controle de acesso funcionam por meio de senhas, identificação biométrica ou cartões de proximidade. Todos os modelos aumentam a segurança, ao contrário dos modelos normais de chaves, que são mais fáceis de copiar. Além disso, o registro de quem entra no local é realizado pelo equipamento, 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Outro ponto que merece destaque: a tecnologia veio para somar com o sistema de câmeras de monitoramento e com as centrais de alarme. Essas soluções integradas aumentam a segurança do local, trazendo mais tranquilidade aos usuários.

2. Bloqueio de código
Este sistema pode bloquear imediatamente a permissão de acesso de um senha ou cartão. Isso é possível de forma rápida e sem mudanças físicas no sistema, ou seja, o bloqueio é feito por meio de um software centralizado. No caso dos sistemas comuns, as chaves perdidas forçam o consumidor a trocar bloqueios ou fechaduras, gerando incômodo e custos.

3. Diversidades de modelos
São encontrados diferentes soluções e modelos que se adequam ao tamanho e porte da empresa. Os sistemas podem ser instalados nas portas principais, controlando quem entra e sai da empresa, e também em áreas internas, como setores específicos, salas de reuniões ou Data Centers (Centro de Processamento de Dados). Assim, você pode especificar quais pessoas podem ou não entrar em determinados locais da sua empresa, protegendo dados estratégicos ou equipamentos de valor.

4. Múltiplos acessos
Os locais que contam com monitoramento por meio de um sistema de controle de acesso podem ser configurados para diferentes permissões. É possível cadastrar um grande número de senhas, que podem ser destinados a toda a equipe de funcionários. Se instalados nos acessos internos, os controles de acesso evitam que os colaboradores precisem carregar consigo um molho enorme de chaves, evitando esquecimentos e problemas com perdas e furtos.

5. Padronização
Sem chaves, sem preocupação: acesso através de senha, cartão de proximidade e biometria. Você poderá padronizar a forma como colaboradores e visitantes acessam os ambientes da sua empresa, além de inviabilizar a circulação de pessoas não autorizadas em locais predeterminados. Além disso, é possível fazer o gerenciamento em períodos, dias e horários específicos.

Fonte: Administradores

Notícias Relacionadas

Artigos

A anatomia de um ataque cibernético

Por André Fleury Era uma quinta-feira, dez e meia da noite, e estávamos na segunda semana de trabalho incansável recuperando…

Destaque

Adistec Brasil encerra 2020 com bom desempenho e registra 10% de crescimento

A Adistec Brasil, distribuidora de valor agregado com foco em infraestrutura para Data Centers e Segurança da Informação, encerrou o…

Destaque

Oscilação de energia: saiba como proteger os aparelhos da sua casa e empresa

Por Maria Helena Garcia Imagine que a queda de um raio cause uma sobrecarga elétrica na sua empresa, comprometendo a…