Tecnologia brasileira permite identificar gado por biometria facial

Uma tecnologia criada no Brasil permite a identificação de gados por meio de uma visão computacional. A técnica pode substituir as marcações e os brincos de rastreamento usados atualmente para segurança e para a emissão da Guia de Trânsito Animal, exigida para exportação de carne bovina. As informações foram divulgadas pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

A tecnologia é similar ao reconhecimento facial, empregado em aeroportos para identificar criminosos. Com ela, um sistema de câmeras instaladas no campo, nos cochos ou em drones consegue captar imagens dos animais em poucos segundos.

Os testes foram realizados com a raça Pantaneiros, e os bovinos foram identificados por meio de um sistema de redes neurais convolucionais – que une inteligência artificial e aprendizado da máquina para processar imagens. Dessa forma, a técnica é capaz de criar um banco de dados para reconhecimento e identificação do gado.

Os resultados experimentais apontam que os modelos de arquiteturas utilizados na pesquisa alcançaram 99,96% de acerto.

Notícias Relacionadas

Artigos

Enchentes: tecnologia que usa IA é usada para prevenção de desastres naturais

Por Hilton Carvalho, gerente de pré-vendas da Hikvision As enchentes são o tipo mais frequente de desastre natural e ocorrem…

Destaque

Axis Communications nomeia Luis Ceciliato como novo Gerente Nacional de Vendas no Brasil

Com ampla experiência no setor, Luis Ceciliato ingressou na Axis Communications em 2011 A Axis Communications anunciou Luis Ceciliato como…

Cases

Aeroporto de Heathrow Londres transforma operações aeroportuárias com a Genetec

Plataforma unificada de segurança física dá suporte às ambições do aeroporto de inovação contínua A Genetec anunciou hoje que o…