Solução que alia segurança e contagem de pessoas pode gerar economia de até 90% na iluminação pública

A consultoria alemã de pesquisa independente Statista estima que, até 2020, o mercado mundial de tecnologia e serviços de segurança poderá atingir US$ 240 bilhões. Enquanto que, no contexto nacional, o setor vem crescendo cerca de 8% a cada ano.

Isso porque, o avanço das tecnologias de segurança tem trazido mais efetividade na proteção para pessoas e empresas. Assim, o lançamento de diferentes dispositivos revela funcionalidades cada vez mais inteligentes e úteis ao cotidiano, impulsionando os investimentos neste nicho de mercado.

Parte destes investimentos, além de promover avanço das tecnologias, pode gerar economia inclusive na esfera pública. É o caso da câmera multidirecional PNM-9320VQP, lançamento da Hanwha Techwin e que será apresentada pela primeira vez na 14ª edição da ISC Brasil – Feira e Conferência Internacional de Segurança, entre os dias 25 e 27 de junho, no Expo Center Norte, em São Paulo.

Como possui vários sensores de imagem e lentes que permitem uma melhor flexibilidade, assim como uma maior área de captação e variedade de analíticos, a câmera PNM-9320VQP é ideal para ações antivandalismo, contagem de pessoas e iluminação pública.

“Esta câmera integra um projeto em parceria com a SmartMotion, que iremos demonstrar durante a ISC. A solução alia a iluminação pública com a detecção de movimento – carros e pessoas – para gerar uma economia de cerca de 90%, algo que atrai as prefeituras das diferentes cidades do país”, falou Sidnei Teixeira Junior, diretor nacional da Hanwhan.

Segundo o vice-presidente da América Latina da Hanwha, Fernando Tomasiello, o foco da marca na ISC Brasil é entregar soluções completas, inteligentes e customizadas que façam sentido para a realidade específica do usuário — seja ele um banco, varejo, hospital ou uma cidade inteira. “Não se trata apenas de segurança, mas de capturar informações e gerar análises que gerem valor e que otimizem os processos do cliente como um todo”, comentou.

Para os executivos da Hanwha, as expectativas com a feira em 2019 são positivas. “O cenário brasileiro como um todo está mais desafiador do que se esperava. No entanto, somos otimistas e acreditamos que muitas coisas boas estão por vir”, afirmou Tomasiello.

A estimativa é que a 14ª edição do evento movimente mais de R$ 800 milhões em negócios e receba 18 mil visitantes. A ISC Brasil vai reunir mais de 150 marcas expositoras e contará com 150 horas de eventos de conteúdo de alta qualidade, se destacando como plataforma de geração de negócios e informação sobre o setor de segurança eletrônica, segurança privada, segurança pública e segurança digital, com soluções integradas para diferentes verticais.

O pré-credenciamento para visitantes já está aberto e os interessados devem fazer sua inscrição, que é gratuita, no www.iscbrasil.com.br/Credenciamento. A feira tem organização e promoção da Reed Exhibitions Alcantara Machado.

Notícias Relacionadas

Segurança Eletrônica

Johnson Controls apresenta as novas câmeras Illustra Pro com tecnologia WDR inteligente

A Johnson Controls aumentou a família de câmeras Illustra Pro com o lançamento da mini-dome Illustra Pro. A novidade incorpora…

Em Foco

Em Foco Genetec: Ampliação do leque de verticais

Somente em 2018, a Genetec registrou o dobro em vendas em relação ao ano anterior, e neste ano já apresenta…

Destaque

ISS apresentará tracking de acesso durante a ISC 2019

Líder no desenvolvimento de sistemas de vigilância de segurança e vídeo analíticos, a ISS anuncia sua participação na ISC 2019,…