Solução de segurança auxilia famílias nos cuidados com os idosos

Segundo a Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, pelo menos uma vez por ano, um em cada quatro idosos sofre quedas dentro de casa. Em 34% desses casos, há algum tipo de fratura. O Smart Security, solução de segurança lançada pela ADT, maior empresa de monitoramento de alarme do mundo, pode ajudar os usuários com situações desse tipo, pois permite que o cliente veja o que está acontecendo no local e acompanhe a rotina do ambiente, além de auxiliar em situações de emergência.

O sistema dispõe de câmeras, envia notificações, grava cenários e oferece interatividade ao cliente, fornecendo segurança e praticidade aos usuários. Além disso, possui tecnologia sem fio avançada, sirene, sensores de abertura e de presença e câmera IP com alta definição e infravermelho para visualização noturna. A comunicação é feita por internet e GPRS, o que garante o funcionamento dos recursos de segurança mesmo na ausência de energia ou internet.

“Com o Smart Security, o cliente pode realizar diversos comandos, pelo próprio smartphone, computador ou tablet, e acompanhar a rotina de um idoso. É possível ver quem chegou ao local e programar notificações e lembretes”, explica Robert Wagner dos Santos, especialista em segurança da ADT. “Com todos esses recursos, o sistema auxilia nas rotinas de casa e simplifica o dia a dia da família”, completa. Veja alguns exemplos:

1. É possível programar o alarme para enviar uma notificação quando o idoso sair de casa e for ao mercado, por exemplo. O usuário também pode configurar o sistema e receber uma notificação quando o mesmo chegar em casa.

2. Instalando um botão de emergência no quarto, por exemplo, é possível receber notificações e ser avisado quando alguém pedir ajuda.

3. Uma família pode configurar o sistema para enviar uma notificação e fazer uma gravação quando a diarista chegar e sair da residência do idoso. Os usuários também podem criar um cenário em que, sempre que a porta da residência for aberta, o sistema fará a gravação da pessoa que entrou.

4. O Smart Security permite configurar notificações automáticas, por dia e horário, que ajudam a lembrar de tomar remédios, por exemplo. Essas notificações podem ser combinadas com a gravação das imagens das câmeras para saber o que foi feito.

5. O sistema é importante para a segurança de quem fica sozinho em casa, principalmente se o idoso tiver limitações como doenças e necessidades especiais. O alarme, portanto, pode ficar ativado mesmo quando há alguém em casa, levando tranquilidade ao cliente, já que não é preciso deixar de dormir e se alarmar com qualquer barulho.

6. Em casos de emergência, após o recebimento do sinal de alerta – que indica uma invasão ou um pedido de ajuda – a ADT envia notificações para os celulares cadastrados e avisa os clientes, via telefone, sobre o que está havendo no local.

Notícias Relacionadas

Cases

Grupo Unidasul adota solução óptica Furukawa em centro de distribuição e em novas unidades no Rio Grande do Sul

Com a expansão de sua rede de supermercados Rissul e de atacarejos Macromix pelo estado do Rio Grande do Sul,…

Destaque

Datacenters precisam de vigilância RSA para garantir segurança

Esta ferramenta do Genetec Security Center combinado ao uso dos sensores existentes ajuda a lidar proativamente com ameaças antes que…

Destaque

Como a tecnologia pode aprimorar a segurança em cidades inteligentes?

Apesar de o conceito de cidade inteligente ser relativamente recente, ele já se consolidou como assunto fundamental na discussão da…