Projeto sobre Internet das Coisas une Oracle com Fundação Getúlio Vargas

As mudanças no mundo dos negócios são constantes e, considerando o uso da tecnologia, este processo é ainda mais exponencial. Com base nesta realidade, a Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV EAESP), com a condução do Centro de Estudos de Tecnologia da Informação Aplicada (GVcia) está desenvolvendo o Projeto Internet das Coisas (IoT) com o apoio de diversas empresas parceiras, incluindo a Oracle.

Além de ajudar a gerar e disseminar conhecimento aplicado com casos reais, a parceria do GVcia com a Oracle destacará como a transformação digital e as tecnologias emergentes – caso da Internet das Coisas, conexão por sensores entre dispositivos e utensílios para coleta e compartilhamento de dados– estão mudando hábitos e atitudes das empresas e das pessoas no Brasil.

A estrutura deste estudo conta com oferta, demanda e ambiente como pilares. A Oracle terá envolvimento mais ativo com oferta,compreendendo a troca de informações e conhecimento, referências de implementação de IoT,interação com os profissionais e professores, bem como com as empresas-clientes que já têm adotado a tecnologia.

“O Projeto IoT do GVcia, um dos principais projetos de pesquisa aplicada que o centro está desenvolvendo, aborda a transformação digital pela qual as empresas estão passando. A parceria com a Oracle é muito importante por contribuir para a viabilização do Projeto com acesso à tecnologia, ao conhecimento e à participação no mercado”, destacou o professor Alberto Luiz Albertin, coordenador do GVcia e do Projeto IoT.

Como único fornecedor de Tecnologia da Informação engajado na iniciativa, a Oracle trará insights relevantes para o GVcia, além dos casos de clientes, como também seu amplo portfólio de soluções que se interconectam com IoT, como Big Data, Inteligência Artificial, computação em nuvem, entre outras. Além disso, há a participação periódica nas reuniões do Conselho de Executivos conduzidas pelo centro de estudos para discutir estratégias,andamento do projeto de estudos, buscando identificar as tendências de TI.

A conclusão do estudo como um todo está prevista para 2019, sendo que seus vários projetos integrados já estão fornecendo importantes resultados para o meio acadêmico e o empresarial.

“Uma das missões da Oracle é promover o conhecimento e apoiar a educação em diversas frentes. O Projeto Internet das Coisas da FGV nos trouxe ainda mais motivos para estarmos juntos e extremamente envolvidos no caminho da colaboração real entre o mundo acadêmico e corporativo”, afirmou Francislaine Muratorio, vice-presidente de Alianças e Canais, Oracle América Latina.

Notícias Relacionadas

Destaque

Axon Body 4 renova linha de câmeras corporais com mais recursos

Lançamento da Axon oferece gravações de melhor qualidade com perspectivas adicionais, operações simplificadas e introduz suporte de comunicação bidirecional em…

Destaque

Genetec anuncia novas funcionalidades do Security Center SaaS

A solução SaaS oferece às empresas a liberdade de escolher os controladores de porta, câmeras e dispositivos que funcionam melhor…

Destaque

Escolas e creches da rede municipal passam a contar com detectores de metais

O governo municipal busca ampliar o sistema de segurança dos alunos e funcionários das escolas da rede, em Campos dos…