Prefeito assina financiamento de R$ 32 milhões para instalação de mil câmeras de segurança em Maringá

O prefeito Ulisses Maia assinou um termo de intenções com o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) para implementar o projeto “Cidade Segura”.

A ideia inicial é instalar mil câmaras de segurança que vão fornecer informações para auxiliar os trabalhos da Guarda Municipal. O protocolo assinado com o BRDE vai disponibilizar R$ 32 milhões para Maringá, dos R$ 70 milhões que a linha de crédito do banco tem disponíveis.

A expectativa do secretário municipal de Segurança, tenente-coronel Antonio Padilha, é que a primeira etapa do projeto “Cidade Segura”, que consiste na instalação das câmeras, seja concluída nesse ano. Segundo ele, a ideia não é apenas gerar imagens, mas também informações para formular estratégias de segurança.

“Os recursos não são só para câmeras, mas prevê a aquisição de equipamentos que visem modernizar a segurança pública. É para manter um suporte, integrar as secretarias e estabelecer ligações com outros órgãos de segurança. Hoje, em termos de segurança pública, não temos uma integração sistêmica e a ideia é ter essa integração”, disse.

De acordo com Padilha, atualmente, o município tem 45 câmeras de segurança em funcionamento. O secretário disse que as imagens “estão sendo úteis neste momento” e que auxiliam o trabalho da Polícia Civil, como na prisão de traficantes e na abordagem de situações suspeitas. Com o financiamento, a ideia é melhorar a qualidade dos equipamentos.

“O projeto é bem amplo, mas nesse primeiro momento visa aumentar o número de câmeras e mudar o padrão dos equipamentos, como implantar reconhecimento facial nas câmeras. Temos alguns pontos em Maringá nos quais as câmeras poderão captar som e em outros colocar equipamentos com alcance de 360 graus”, explicou.

Seguindo um modelo mundial em que a tecnologia é usada a favor da segurança pública, a Prefeitura de Maringá também testa durante a programação da Maringá Encantada um aplicativo de reconhecimento facial que auxilia na busca de desaparecidos e no reconhecimento de suspeitos.

Fonte: Maringá Post

Notícias Relacionadas

Artigos

Como proteger estádios e arenas esportivas com tecnologia de segurança

Por Leopoldo Ruíz, Diretor Regional para a América Latina da Axis Communications Este mês tem sido uma temporada esportiva bastante…

Controle de Acesso

ASSA ABLOY Controle de Acesso passa a comercializar produtos Mul-T-Lock no Brasil

Referência em segurança desde 1973, agora é a vez dos brasileiros aproveitarem a qualidade dos acessórios e produtos da marca…

Cibersegurança

Entenda que é um apagão cibernético e quais são os riscos

Uma falha de grande magnitude, que compromete o funcionamento de sistemas interconectados e, portanto, pode afetar uma porção significativa dos…