Performancelab e Segware integram plataformas para ampliar serviços, automatizar processos e agregar valor para as centrais de monitoramento

A Performancelab e a Segware anunciaram a integração de suas plataformas de gestão para o mercado de segurança eletrônica. Com a parceria, o software Sigma Cloud e o sistema Performancelab passam a oferecer recursos avançados de gerenciamento de serviços que vão além dos equipamentos tradicionais de gestão de eventos, ampliando e automatizando a capacidade das centrais de monitoramento.

“O Sigma está dentro de muitas centrais de monitoramento, somos uma plataforma de gestão de eventos, como alarme, imagem e controle de acesso, e com a integração com a Performancelab a ideia é otimizar ainda mais os fluxos, recebendo outros tipos de demandas e informações, não apenas de equipamentos”, falou Vinícius Debone, Gerente Comercial da Segware.

Com o conceito de segurança expandida, a plataforma da Performancelab atua multiplicando os seus agentes de segurança através do público, como colaboradores, visitantes e prestadores de serviço de um empreendimento, permitindo, dessa maneira, que a ferramenta receba e colete informações que são enviadas voluntariamente por usuários em campo.

“Se uma pessoa está em um condomínio empresarial e vê algo suspeito, estranho ou fora do normal, ela pode através de um link ou leitura de QRCode preencher um formulário simples, que chega diretamente no sistema da Performancelab como uma ocorrência a ser tratada, ou seja, eu amplio a coleta de dados de segurança muito além dos dispositivos, tudo através do engajamento de pessoas ligadas ou não à organização”, explicou Fernando Só, CEO da Performancelab.

Os eventos também podem ser recebidos pelo Sigma Cloud na central, atendidos e depois enviados para a plataforma da Performancelab fazer a gestão do atendimento. No caso de um chamado de manutenção, por exemplo, a ordem de serviço é recebida e enviada automaticamente para o setor responsável, evitando que os operadores da central de monitoramento tenham que tratar o evento.

“A integração das plataformas aumenta a capacidade de gerenciamento de serviços, automatiza os processos e libera os operadores para tratar efetivamente dos alarmes. Como tudo é feito em tempo real, ou seja, a ocorrência é detectada rapidamente e a resolução pode ser feita de imediato, pode haver redução de custos na operação, principalmente se houver um SLA vigente. A nossa plataforma também vai mostrar com precisão o que foi prevenido, quais foram as ações tomadas e o que houve de perda e dano nas atividades. Nós, como uma ferramenta de gestão de serviço, conseguimos evidenciar tudo em números e resultados. Trabalhamos a prevenção e mostramos o quanto isso vale”, disse Fernando Só.

A integração já está disponível para todos os usuários das plataformas Sigma Cloud e Performancelab.

Notícias Relacionadas

Artigos

De onde vem essa tal de I.A.?

Por Nicolau Ramalho E essa tal de Inteligência Artificial? Novidade? Tendência? Moda? Será que é passageiro? ChatGPT, WatsonX, Bard. Inteligência…

Destaque

SegurPro investe em eletrificação da frota de veículos operacionais na Unilever

A multinacional de bens de consumo foi a primeira cliente da SegurPro no Brasil a adotar o uso de carros…

Destaque

Lei de Informática: instrumento de política industrial que beneficia produtos nacionais de segurança eletrônica

A Lei de Informática, Lei nº 8248/1991, também conhecida como Lei de TICs, é uma política que desde a década…