Monitoramento patrimonial pelo celular: viu essa nova solução?

A Seventh agora tem uma nova plataforma de segurança eletrônica para monitoramento e armazenamento de imagens. É o D-Guard Cloud, um sistema operado totalmente em nuvem voltado para provedores de internet que prestam o serviço de banda larga.

Esse novo sistema da Seventh vai permitir a essas empresas a diversificação do negócio e o aumento do faturamento recorrente. É que, além de pacotes de internet, os provedores vão poder oferecer aos clientes finais um serviço de armazenamento e monitoramento patrimonial pelo celular. Tudo operado em nuvem.

Em outras palavras, o cliente do provedor vai poder ter, além da banda larga, acesso a um sistema de câmeras doméstico. Assim, quando estiver fora de casa, a pessoa vai poder acompanhar tudo o que acontece onde mora em tempo real.

Os clientes vão poder contratar esse serviço por uma questão de segurança, por exemplo, para monitorar a casa naqueles horários em que todos estão fora; ou, até mesmo, para vigiar os animais domésticos, como os gatos e cachorros.

Monitoramento patrimonial com compartilhamento de imagens

Além do monitoramento de imagens ao vivo, o usuário pode compartilhar os arquivos de maneira simples, como em aplicativos de conversa. Com isso, pessoas com autorização do cliente também vão poder assistir as imagens das câmeras.

“Suponhamos que você tenha um filho e os avós, que moram bem longe, querem acompanhar a criança. É só compartilhar as imagens do quarto da criança para que eles possam ver o neto, ao vivo, todos os dias”, exemplifica o gerente de soluções em nuvem da Seventh, Luciano Dahmer.

Ele ainda lembra que “se você tem um parente mais velho que precisa de cuidado, talvez seja necessária uma câmera no lugar onde essa pessoa passa a maior parte do tempo, para você acompanhar pelo celular, por exemplo, e saber se está tudo bem”.

O compartilhamento das imagens, seja ao vivo ou as gravações, pode ser feito para um número ilimitado de usuários. Mas, lembrando, somente a pessoa que contratou o serviço vai poder compartilhar os vídeos.

Monitoramento patrimonial com registros em nuvem

Independentemente do números de câmeras contratadas pelo cliente do provedor, todos os registros de imagem do D-Guard Cloud ficam salvos em nuvem, ou seja, em um ambiente virtual totalmente criptografado. Isso dificulta o acesso malicioso ao serviço de monitoramento por parte de terceiros.

Por isso, não existe a necessidade de ter dispositivos físicos, como gravadores digitais, já que o armazenamento dos registros é feito em nuvem. O que facilita o uso do sistema e reduz custos na aquisição de equipamentos.

Isso faz do D-Guard Cloud uma plataforma ideal, também, para pequenos negócios, como padarias, mercearias e açougues que precisam de monitoramento e armazenamento de imagens e, ao mesmo tempo, gastar menos.

Além disso, mesmo que aconteça algum tipo de sinistro, seja o furto ou danificação das câmeras, as imagens vão estar lá, intactas, em um espaço que somente o contratante tem acesso.

“É crescente a demanda do mercado por armazenamento de dados em nuvem, seja por mais segurança dos dados ou mesmo pela agilidade em ter as informações. Com o uso do D-Guard Cloud, mesmo que algum equipamento seja furtado do local, as gravações vão continuar armazenadas no ambiente virtual, permitindo uma identificação mais rápida da ocorrência”, reforça.

A pessoa pode acessar o histórico das gravações (de acordo com o plano contratado) a hora que quiser, sem dificuldade e na palma da mão.

Plataforma personalizável (white label)

O D-Guard Cloud funciona via web e por aplicativo Android e iOS. Além disso, é uma solução white label, ou seja, pode ser totalmente personalizada pela empresa, das cores à marca.

Isso significa que quando o usuário final acessar a plataforma, ele vai ver toda a identidade visual do provedor. Como se o app de monitoramento tivesse sido desenvolvido pela própria empresa de internet.

“Não é a logo e as cores da Seventh que vão estar ali no produto, e, sim, as do provedor. Isso é um reforço de marca porque a identidade visual da empresa vai estar no celular dos clientes o tempo todo através de um aplicativo” conclui Dahmer.

Fonte: Seventh

Notícias Relacionadas

Cases

Grupo Unidasul adota solução óptica Furukawa em centro de distribuição e em novas unidades no Rio Grande do Sul

Com a expansão de sua rede de supermercados Rissul e de atacarejos Macromix pelo estado do Rio Grande do Sul,…

Destaque

Datacenters precisam de vigilância RSA para garantir segurança

Esta ferramenta do Genetec Security Center combinado ao uso dos sensores existentes ajuda a lidar proativamente com ameaças antes que…

Destaque

Como a tecnologia pode aprimorar a segurança em cidades inteligentes?

Apesar de o conceito de cidade inteligente ser relativamente recente, ele já se consolidou como assunto fundamental na discussão da…