Milestone Systems é a primeira empresa a adotar o Código de Conduta do G7 para a regulamentação do desenvolvimento de inteligência artificial

A Milestone Systems decidiu adotar e implementar o Código de Conduta G7 para sistemas avançados de inteligência artificial (IA), tornando-se uma das primeiras empresas a fazê-lo.

Thomas Jensen, diretor administrativo da Milestone Systems, afirma:
“Precisamos de regulamentações para garantir que a IA seja desenvolvida para o benefício da humanidade. No entanto, as empresas não devem esperar passivamente pela regulamentação, elas devem tomar medidas proativas para identificar e abordar lacunas e desafios que possam surgir em relação ao uso da IA que elas desenvolvem.

Quando se trata de vídeo habilitado para IA, estamos apenas começando a explorar seus benefícios e possíveis usos. No entanto, também estamos cientes de alguns de seus perigos, como a parcialidade e os falsos positivos.

Na Milestone, estamos tomando medidas significativas para lidar com as possíveis limitações das ferramentas que desenvolvemos. Ao adotar o Código de Conduta G7, reafirmamos nosso compromisso de desenvolver nosso software com os princípios fundamentais de confiança, transparência e responsabilidade em mente”.

O Código Internacional de Conduta para Organizações que Desenvolvem Sistemas Avançados de IA tem como principal objetivo promover a criação de inteligência artificial segura e confiável em todo o mundo. Esse acordo foi alcançado pelos líderes do G7 no final de outubro de 2023 e estabelece um conjunto de princípios fundamentais que as democracias mais influentes do mundo devem seguir ao desenvolver novos sistemas de IA.

A decisão da Milestone coincide com a adoção pela União Europeia de sua própria lei sobre inteligência artificial (IA).

Reconhecimento da importância da Lei de IA

Thomas Jensen afirma:
“Embora aplaudamos a aprovação da Lei de IA, sabemos que a implementação levará tempo, possivelmente vários anos. Nesse meio tempo, acreditamos firmemente que as empresas devem se esforçar para ficar à frente da regulamentação.

Não devemos frear a inovação, mas para evitar uma possível reação negativa tanto da sociedade quanto dos órgãos reguladores, as empresas que desenvolvem sistemas de IA devem se esforçar para criar uma IA confiável. A adoção do Código de Conduta do G7 é uma dessas medidas que todas as empresas devem tomar para ajudar a garantir o uso responsável da tecnologia e fortalecer a confiança dos usuários nas novas possibilidades que ela oferece”.

O Código de Conduta do G7 AI está disponível no link a seguir:
https://digital-strategy.ec.europa.eu/en/library/hiroshima-process-international-code-conduct-advanced-ai-systems

Notícias Relacionadas

Destaque

Pumatronix lança ITSCAM 450+ com foco em estacionamentos e pedágios

A Pumatronix, uma das principais fabricantes nacionais de equipamentos para monitoramento de trânsito e sistemas de transporte inteligente (ITS), anuncia…

Destaque

Nova câmera de sensor duplo oferece 4K a 30 fps e suporte para analíticos de IA

A Axis Communications anuncia uma câmera multidirecional de sensor duplo projetada para excelentes panorâmicas de ângulo amplo e cobertura detalhada…

Destaque

Menino autista de 8 anos realiza sonho de conhecer câmeras de monitoramento do DF

Diagnosticado com transtorno do espectro autista aos 6 anos, Isaque tem hiperfoco em câmeras. Após postar vídeo na internet, ele…