Investir em tecnologia é crucial para garantir a segurança em condomínios

Os registros de furtos a moradias aumentaram em mais de 13% no último ano, segundo dados da SSP-DF. Empresa especializada detalha como funciona uma segurança predial eficiente

A segurança é o principal motivo pelo qual famílias estão cada vez mais interessadas em morar em condomínios ao invés de casas de bairro. As notícias assustam os moradores, por exemplo, nos últimos dados divulgados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-DF), houve aumento nos registros de furtos a residências e comércios. Em residências, os furtos registrados passaram de 4.599 em 2021, para 5.198 em 2022, um aumento de mais de 13%. Já a comércios subiram de 3.689 em 2021, para 4.084 em 2022, representando um aumento de 10%.

Nos condomínios residenciais ou comerciais, é de praxe que exista algum nível de segurança para repelir os furtos. Porém, com o número crescente de episódios de furtos e roubos, é importante que os responsáveis pela gestão predial atualizem constantemente os sistemas de segurança e optem por unir expertise de profissionais com equipamentos modernos.

O agente de portaria ou segurança predial trabalha para garantir o bem-estar e a tranquilidade de moradores e visitantes. Essa função muito se confunde com o de vigilante, mas envolve atividades extras que combinam tecnologia e monitoramento, ajudando a garantir a segurança, o controle de acesso, o atendimento ao público, a administração do local e a resposta eficiente a emergências.

Quais os sistemas usados no controle de acesso em prédios?

O controle de acesso é responsável por regular quem pode entrar e sair das instalações, garantindo que apenas pessoas autorizadas tenham acesso aos espaços restritos. Esse sistema pode ser implementado de várias maneiras, desde métodos tradicionais até soluções mais modernas e automatizadas. Glenda Negreiros, gerente de qualidade e estratégias da Brasfort, uma das maiores empresas de segurança e serviços especializados do Brasil, afirma que os princípios básicos estabelecidos para criar uma estrutura de segurança envolve restringir o acesso não autorizado independentemente do nível de tecnologia envolvida.

O objetivo é garantir que somente as pessoas certas tenham permissão para entrar e que haja registros adequados para fins de segurança e monitoramento. “O sistema implementado no complexo é de responsabilidade dos gestores do prédio, mas os nossos agentes de portaria são treinados para trabalhar desde as formas mais tecnológicas até as mais tradicionais com o mesmo nível de seriedade”, explica Glenda.

Em abordagens mais tradicionais, pode-se contar com o uso de chaves físicas, cartões de identificação ou sistemas de identificação visual, como a verificação manual por funcionários ou seguranças. Esses métodos são eficazes em algumas situações, mas têm suas limitações em termos de precisão, controle e registro de dados. Os sistemas de controle de acesso mais avançados utilizam dispositivos eletrônicos, como leitores de cartões, fechaduras eletrônicas, catracas, sensores biométricos (como leitores de impressões digitais ou reconhecimento facial) e sistemas de monitoramento por câmeras.

Monitoramento eletrônico

Com o avanço da tecnologia, muitos aspectos em um condomínio residencial ou comercial podem ser monitorados eletronicamente para garantir a segurança, eficiência e comodidade. O que pode ser monitorado eletronicamente inclui áreas estratégicas do condomínio para prevenir ocorrências indesejadas; utilização de sistemas eletrônicos de controle de acesso, como leitores de cartões, biometria ou senhas; sensores eletrônicos que detectam intrusões em áreas protegidas e alarme para alertar sobre possíveis invasões; gestão de vagas de estacionamento para identificação rápida de veículos autorizados e até aplicativos e softwares próprios das empresas contratadas.

“É importante que o condomínio invista em tecnologias confiáveis, atualizadas e com suporte técnico adequado para garantir a efetividade do monitoramento eletrônico e, assim, aumentar a segurança e a qualidade de vida dos moradores e colaboradores. Além disso, é essencial que o monitoramento eletrônico esteja em conformidade com as leis de privacidade e segurança de dados”, destaca a gerente da Brasfort.

Segurança integrada por aplicativo

“Implantar tecnologia em condomínios pode ser um desafio devido à cultura do local. A resistência à adoção de soluções tecnológicas, devido à percepção de altos custos, complexidade e dificuldade de uso, é uma realidade comum. Além disso, gestores podem temer a oposição dos moradores à mudança, optando por manter processos manuais e burocráticos”, explica Glenda Negreiros.

Pensando em facilitar a recepção dos moradores a novas tecnologias de gestão predial, a Brasfort desenvolveu um aplicativo com segurança integrada para gerenciar as demandas dos moradores e trazer mais confiança no que está sendo assegurado. O aplicativo oferece uma integração abrangente e eficiente para atender às necessidades do condomínio. A vantagem de centralizar todos os controles em uma única plataforma permite gerenciar facilmente diversos aspectos do condomínio, como:

1. Acesso de visitantes e moradores, gerenciamento de entrada e saída de veículos e pedestres, controle de encomendas e serviços de entrega;

2. Resposta rápida a eventos de segurança;

3. Monitoramento 24 horas por dia;

4. Visualização das câmeras e a possibilidade de configurar por usuário, condomínio/bloco /rua;

5. Botão de pânico podendo acionar rapidamente um alerta de emergência em caso de situações de perigo iminente, e outros.

“A principal importância de ter serviços integrados como o aplicativo é a prevenção de crimes, tornando o condomínio menos atraente para invasões ou atividades ilegais; identificação de suspeitos em caso de crimes; e principalmente levar tranquilidade aos moradores. Um serviço feito com excelência por uma empresa séria e experiente é essencial”, finaliza Glenda.

Notícias Relacionadas

Destaque

Axon Body 4 renova linha de câmeras corporais com mais recursos

Lançamento da Axon oferece gravações de melhor qualidade com perspectivas adicionais, operações simplificadas e introduz suporte de comunicação bidirecional em…

Destaque

Genetec anuncia novas funcionalidades do Security Center SaaS

A solução SaaS oferece às empresas a liberdade de escolher os controladores de porta, câmeras e dispositivos que funcionam melhor…

Destaque

Escolas e creches da rede municipal passam a contar com detectores de metais

O governo municipal busca ampliar o sistema de segurança dos alunos e funcionários das escolas da rede, em Campos dos…