Huawei e Telefônica ampliam a evolução das redes LTE no Rio de Janeiro, Bogotá e Moterrey

Huawei e Telefônica assinaram o acordo 4.5G Evolution, com as primeiras implantações em Bogotá, Monterrey e Rio de Janeiro. Nessa evolução, a Telefônica está introduzindo a 4×4 MIMO, a Carrier Aggregation (CA), a 256-QAM e a CloudAIR (tecnologia própria da Huawei) em suas redes. Com a crescente popularidade do vídeo móvel e dos serviços de jogos online em tempo real, o tráfego de dados da Telefônica nos smartphones cresce em ritmo acelerado. Ao lado da Huawei, ela planeja acessar a tecnologia de rede 4.5G pela primeira vez nos próximos meses dentro dessas cidades, e considera levar essa tecnologia para outros países ainda em 2018.

Nesses locais, que demandam grandes quantidades de dados, o 4.5G Evolution aumentará a capacidade e o desempenho da rede móvel, oferecendo uma experiência melhor ao usuário. Além disso, com ele, o pico da taxa de transferência de downlink pode chegar até 1Gbps na rede comercial.

Juan Carlos García, diretor Global de Tecnologia e Arquitetura da Telefônica, está confiante nas habilidades do 4.5G Evolution. “O  4.5G Evolution é um dos principais passos no caminho para a 5G. Nos últimos dois anos, Telefônica e Huawei foram responsáveis por diversas inovações inéditas dessas tecnologias na indústria. Agora é a hora de transferir os resultados da inovação para redes comerciais, levando a melhor experiência de usuário para os nossos clientes”.

Já Edward Deng, presidente da Conta Global da Telefônica na Huawei, comentou como a tecnologia ajudará os negócios da Telefônica. “O 4.5G Evolution ajudaráa Telefônica a melhorar seus negócios ao introduzir tecnologias 5G nas redes LTE existentes. Serviços como os da 5G e novos modelos de negócios que a 5G suportará podem ser lançados e desenvolvidos rapidamente”.

Para testar as aplicações das futuras redes 5G hoje, na Alemanha, a Telefônica e a Huawei implantaram uma rede móvel de alta velocidade 4.5G como parte do projeto conjunto TechCity, que atinge taxas de dados de até 1.65GBit/s em condições de laboratório. Para os testes em campo, as duas empresas criaram uma rede piloto 4.5G em Munique. Além da melhoria da experiência para o usuário final, o 4.5G Evolution também habilitará novos serviços móveis para a Telefônica, como vídeo HD, WTTx, IoT celular e comunicações críticas, além de outros novos serviços móveis.

As novas tecnologias do 4.5G Evolution, como 4×4 MIMO, Carrier Aggregation e 256 QAM melhoram efetivamente a capacidade da rede. Especificamente, a 4×4 MIMO melhora a capacidade, a cobertura e a experiência do usuário sem espectro ou estações base adicionais. Enquanto isso, a CloudAIR oferece cloudificação do espectro para permitir que diferentes tecnologias de acesso ao radio compartilhem recursos de espectro dinamicamente, o que permite a evolução perfeita da rede. O 4.5G Evolution melhorará os atuais negócios MBB ao mesmo tempo em que os mantém no caminho para uma sucessão bem sucedida para a 5G no futuro.

Notícias Relacionadas

Destaque

Axis Communications Brasil recebe certificação Great Place to Work

A Axis Communications Brasil conquistou a certificação Great Place to Work (ou Melhores Empresas para Trabalhar, em português). O selo…

Artigos

Radares: evolução e aplicação na segurança patrimonial

Por Engº Kleber Reis Eles são destaque nas feiras de segurança no Brasil e no mundo, e não é por…