Honeywell lança versão aprimorada do Honeywell Digital Video Manager

A Honeywell anunciou uma versão aprimorada do Honeywell Digital Video Manager (DVM) que oferece recursos de segurança e vigilância mais inteligentes para instalações cada vez mais complexos. O lançamento do DVM R620 permite que as organizações garantam de forma mais fácil as operações de segurança em larga escala, com recursos que melhoram a eficiência do operador e a consciência situacional para uma identificação e resolução de incidentes mais rápidas e que possibilitam operações de segurança mais precisas e confiáveis.

O DVM R620 é adequado para uma variedade de ambientes, incluindo instalações de segurança complexas com requisitos rigorosos, como aeroportos, instalações correcionais, hospitais, campus de ensino superior e cidades inteligentes. Possui uma interface de usuário aprimorada e inclui atualizações importantes sobre como os operadores podem capturar, acessar e gerenciar vídeos ao vivo e gravados de forma confiável e eficiente.

O sistema possui recursos de reprodução e recuperação de gravação, captura de imagens de vídeo em cartões de memória e recuperação das imagens no servidor principal do sistema. Esses recursos tornam o sistema mais resiliente em resposta a interrupções que vão desde a manutenção rotineira do sistema à falhas de rede ou de servidor e problemas de segurança cibernética, e garantem que as câmeras capturam de forma consistente e confiável imagens de vídeo, onde quer que estejam localizadas.

Além disso, o DVM R620 inclui uma interface de usuário melhorada e mais intuitiva e recursos que melhoram a experiência do usuário, facilitando a aprendizagem e a operação, o que ajuda a melhorar a produtividade do operador para uma resposta de incidente mais rápida. Novos recursos de produtividade incluem bookmarking, que permite aos operadores anotar e navegar facilmente nas imagens de vídeo. Isso permite uma identificação e recuperação de imagens mais rápidas para fins de evidência – críticos nos ambientes de segurança atuais, que podem incluir milhares de câmeras capturando horas de filmagem.

“À medida que os edifícios se tornam mais inteligentes, impulsionados por tendências como a Internet das Coisas e no mundo cada vez mais conectado, as operações de segurança devem seguir o exemplo. Isso pode ser uma ordem alta, no entanto, quando você considera o alcance e o tamanho das organizações conectadas de hoje – e o número de câmeras e pessoas que gerenciam os pontos”, disse John Rajchert, presidente da Honeywell Building Solutions. “O DVM R620 serve como um canal para melhorar a produtividade do operador e mitigação de riscos, alavancando a conectividade para uma vigilância mais inteligente que pode crescer e expandir mais facilmente à medida que as necessidades mudam e evoluem”.

O DVM R620 também suporta padrões abertos, como o padrão do Open Network Video Interface Forum (ONVIF), gerando níveis mais profundos de interoperabilidade e conectividade para que as organizações possam integrar mais facilmente uma gama ainda maior de câmeras de vídeo e sistemas de terceiros.

“A missão principal do nosso departamento de segurança é manter os estudantes e os professores seguros, e nós procuramos tecnologias para reforçar isso, para que possamos ser tão efetivos quanto possível”, disse Myron Marcinek, diretor de instalações da Marywood University, que abrange 115 acres em Scranton, Pensilvânia. “O DVM R620 gerencia todo o local – são mais de 80 câmeras do campus -, de forma que os agentes de segurança podem gastar mais tempo onde são mais eficazes: a pé, observando nosso campus e interagindo com nossa comunidade”.

Além dos recursos citados,  DVM R620 permite que as organizações façam a autenticação perfeita de imagens de vídeo, que ao exportar vídeo para fins de evidência, os operadores podem adicionar marcas d’água ou usar assinaturas digitais para provar a autenticidade do vídeo e sua fonte, reduzindo a necessidade de aplicativos de terceiros. Também podem exporta imagens em arquivos protegidos por senha para promover a segurança e usar recursos de rede e hardware de forma mais eficiente, utilizando uma menor resolução para fluxos de vídeo, liberando largura de banda da rede e exigindo menos de monitores individuais para descompressão e renderização de vídeo. Como resultado, as organizações podem diminuir os custos de hardware e visualizar mais câmeras em uma única visão.

Notícias Relacionadas

Destaque

7 vantagens em utilizar RADARES em um projeto de Segurança Perimetral

Ao elaborar um projeto de segurança de uma instalação, a área perimetral é o local que deve receber a principal…

Destaque

Condomínios recorrem a portaria remota para combater a violência

O Brasil está cada vez mais vertical. Nos últimos 35 anos o número de apartamentos no país cresceu 321%, totalizando…

Destaque

Hikvision passa utilizar inteligência artificial e machine learning para aprimorar o autoatendimento de seus clientes

Além do autoatendimento, os clientes também vão contar com suporte de uma equipe especializada em parceria com a Parkseg Academy…