Hikvision anuncia Terminais de Reconhecimento Facial MinMoe para controle de acesso e de presença

A Hikvision anuncia série de Terminais de Reconhecimento Facial para controle de acesso e de presença, batizada de MinMoe. Os Terminais de Reconhecimento Facial MinMoe funcionam no escuro, contam com tecnologia antifraude (anti autenticação por foto e vídeos) e são ideais para o momento atual, pois funcionam “sem toque”.

Para atender a uma infinidade de cenários do mundo real e às necessidades dos clientes, a linha de Terminais de Reconhecimento Facial MinMoe apresenta várias séries. Com funções avançadas e preços competitivos, a Séries (DS-K1T341A/DS-K1T331), por exemplo, foram projetadas exclusivamente para cenários de pequenas e médias empresas, como escritórios e lojas de varejo.

Já a série (DS-K1T671TM-3XF) que conta com detecção de temperatura na superfície da pele, além de detectar a temperatura sem toque também detecta o uso de máscaras, ou seja, identifica a face mesmo com o uso de máscaras podendo liberar ou não o acesso de acordo com esses parâmetros pré-estabelecidos. Por essas características, é ideal para áreas públicas, escolas, hospitais, fábricas, shoppings, etc.

Segundo a Hikvision, principalmente por conta dos novos hábitos impostos a partir de agora, existe uma grande vantagem na experiência do reconhecimento “sem toque”. Os novos terminais contam com tecnologia avançada de deep learning e diversas funções práticas, o que oferece mais segurança e eficiência principalmente para condomínios, empresas, indústrias e qualquer outro ambiente que requer a gestão do acesso com segurança e eficiência.

Reconhecimento rápido e preciso, mesmo na escuridão

Os Terminais de Reconhecimento Facial Hikvision MinMoe são alimentados por um algoritmo de deep learning, que aumenta a precisão do reconhecimento facial em mais de 99% e melhora a velocidade de verificação para menos de 0,2 segundos. As taxas de verificação aprimoradas e a precisão garantem uma experiência agradável e “sem toque” para os usuários, uma grande melhoria em relação à passagem de cartões de identificação ou digitalizações de impressões digitais.

Além disso, os Terminais de Reconhecimento Facial MinMoe têm bom desempenho em ambientes com pouca ou nenhuma luz.

Maior segurança com antifraude facial

Equipado duas lentes de luz visível, que compensa a luz do ambiente, e duas lentes infravermelhas, os terminais de reconhecimento facial MinMoe só concederão acesso quando ambas as lentes detectarem a mesma pessoa, além de determinar se o rosto é real, e não uma imagem. Essa tecnologia antifraude torna o gerenciamento de controle de acesso muito mais seguro e evita a maioria das fraudes de presença.

Várias vinculações e opções de integração para sistemas de terceiros

Juntamente com a articulação de porta, os Terminais de Reconhecimento Facial MinMoe podem ser vinculados aos NVRs para gravação e armazenamento de dados. Eles também podem ser vinculados a câmeras de rede para permitir uma nítida gravação de vídeo de cena quando qualquer evento predefinido é acionado. Enquanto isso, os produtos MinMoe fornecem uma grande variedade de opções de integração de terceiros para ampla compatibilidade, permitindo conexões rápidas e econômicas entre os Terminais de Reconhecimento Facial MinMoe e os sistemas de controle de presença e controle de portas existentes dos clientes.

Notícias Relacionadas

Segurança Eletrônica

Fortinet anuncia lançamento do FortiGate 4200F

A Fortinet, empresa  global em soluções amplas, integradas e automatizadas de segurança cibernética, anunciou o lançamento do FortiGate 4200F. Equipado…

Destaque

Flexibilização da quarentena requer condomínio seguro para evitar contágio do novo coronavírus

Elevar a segurança nos condomínios residenciais hoje vai além de controle por câmeras pela central de monitoramento e uso de…

Cibersegurança

Vazamento de dados de Bolsonaro expõe uma fragilidade crônica do Brasil em cibersegurança

Ao fim de janeiro deste ano, em Tel Aviv, em Israel, foi realizada uma das mais importantes feiras de tecnologia do mundo. Nada…