Governo e Ericsson firmam parceria para o desenvolvimento de tecnologias de IoT

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e a empresa Ericsson deram o primeiro passo para a criação de um Polo de Inovação em Internet das Coisas (IoT) para segurança pública. Uma carta de intenções de cooperação, assinada neste domingo (26) pelo ministro Gilberto Kassab e o presidente da Ericsson Brasil, Sérgio Quiroga, em Barcelona, na Espanha, prevê a participação de empresas, startups, operadoras e universidades na criação do polo em São José dos Campos (SP).

“A parceria nos dará a oportunidade de colher subsídios para fortalecer a segurança pública”, afirmou o ministro Gilberto Kassab.

Segundo o secretário de Política de Informática do MCTIC, Maximiliano Martinhão, o objetivo é promover o uso da Internet das Coisas nas atividades de segurança pública. “Vamos convocar desenvolvedores para criar aplicativos para a área, chamar as universidades para participar desse desenvolvimento e convidar os gestores públicos para conhecer as ferramentas.”

Uma solução já existente em São José dos Campos conta com sistema de controle e monitoramento com 500 câmeras, integração de smart software e 205 quilômetros de cabos de fibra óptica. Com a parceria entre o MCTIC e a Ericsson, novas tecnologias devem ser desenvolvidas para aumentar a segurança de cidadãos, empresas e instituições.

O ministro Gilberto Kassab e o secretário Maximiliano Martinhão estão em Barcelona para o Mobile World Congress, evento mundial de tecnologia.

Fonte: MCTIC

Crédito Imagem: Ascom/MCTIC

Notícias Relacionadas

Destaque

Monitoramento veicular alerta para fadiga e uso de celular 

Sistema analisa imagens no interior da cabine e emite alertas para motorista e gestor de frotas Imagine um sistema de…

Destaque

Como a segurança é garantida em eventos que lidam com grandes públicos?

O Brasil tem se destacado no cenário internacional como um dos principais destinos para grandes eventos, atraindo multidões de fãs…

Destaque

Axis Communications Brasil recebe certificação Great Place To Work

Para 95% dos colaboradores, a empresa, que já conta com a certificação na Europa, Oriente Médio e África, é um…