Gestores municipais devem reforçar o uso de tecnologias para um melhor funcionamento das cidades nos próximos anos

O Relatório Mundial das Cidades 2022, publicado em julho pelo ONU-Habitat, aponta que população mundial será 68% urbana até 2050. Apesar de uma desaceleração no ritmo da urbanização durante a pandemia, a estimativa é que a população urbana aumente em 2,2 bilhões de pessoas anualmente até 2050 e, o que exigirá investimentos em tecnologias que mantenham as cidades mais seguras, inteligentes e organizadas.

Em vista disso, a divisão de Segurança, Infraestrutura e geotecnologias da Hexagon, empresa líder global em sensores, softwares e soluções autônomas, comprova na prática que os recursos tecnológicos estão cada vez mais acessíveis e disponíveis aos gestores municipais interessados em melhorar os serviços públicos. Prova disso são os recentes projetos entregues pela companhia entre 2021 e 2022 para as cidades de Manaus (AM), Osasco (SP) e Salvador (BA).

Em Manaus, o Centro de Cooperação da Cidade (CCC), que integra operações da Defesa Civil, Guarda Municipal, Trânsito e Mobilidade Urbana, foi a entidade central do projeto. Com o objetivo de obter uma visão em tempo real da cidade, e atender mais rapidamente às necessidades de mais de 2,2 milhões de habitantes, o CCC de Manaus investiu na modernização tecnológica e integração de suas agências, implementando os sistemas da Hexagon para gestão de operações, os quais simplificam e automatizam processos, tarefas e fluxos de trabalho para respostas mais ágeis às solicitações da população e melhor coordenação dos serviços públicos, fornecendo ainda inteligência analítica para tomadas de decisão.

Segundo Marcos Telles, diretor comercial da divisão de Segurança, Infraestrutura e Geospatial Hexagon no Brasil, esse é o primeiro caso de uso da inteligência artificial assistiva criada pela Hexagon, exclusivamente para órgãos de Segurança Pública, e o CCC de Manaus é pioneiro na implementação e uso dessa tecnologia no mundo.

“Conhecida como Smart Advisor, essa tecnologia já é utilizada pelos órgãos de Defesa Civil e Trânsito de Manaus e funciona de maneira integrada ao sistema de gestão de operações que também é fornecido pela Hexagon, utilizando agentes de software, recursos de inteligência analítica e aprendizagem de máquinas. A inteligência artificial realiza o processamento e diversas análises de todos os dados operacionais do CCC de Manaus de forma contínua e autônoma, procurando anomalias e similaridades entre eventos que aparentemente podem não parecer ter algo em comum, porém, ao identificar relações entre elas, o sistema alerta os operadores de atendimento e gestores do CCC sobre situações que podem representar um problema ou uma solução, ajudando a prevenir, prever e responder mais rapidamente aos incidentes, minimizando impactos e também contendo potenciais desdobramentos”, revela o especialista.

Já na Bahia, a protagonista é a Secretária de Saúde de Segurança Pública que está instalando o que vem a ser considerado o maior projeto de videopoliciamento inteligente do Brasil. O projeto implementado por um consórcio liderado pela Oi Soluções, contratou a Hexagon para integrar um sistema de inteligência artificial que processa e analisa dados colhidos pelos sensores de vídeo, compara com informações do banco de dados da SSP e encaminha um alerta para o policial mais próximo da ocorrência.

O Centro de Operações e Inteligência da Bahia (COI Bahia) é composto pela polícia militar, polícia civil, bombeiros e polícia técnico-científica, e conta com aproximadamente 450 profissionais que atuam no centro e mais de dez mil agentes de campo, que atendem a aproximadamente quatro milhões de pessoas no interior e região metropolitana de Salvador.

“Apoiado pelas tecnologias da Hexagon, o projeto de vídeopoliciamento no estado da Bahia representa um investimento de mais de US$ 123 milhões, e alcançará ao todo 77 cidades do estado, servindo aproximadamente 8,5 milhões de cidadãos. É o maior e mais abrangente projeto tecnológico do setor de segurança pública do Brasil, e já contribuiu para a captura de 444 indivíduos procurados”, conta Telles.

Por fim, Osasco, o Centro de Operações Integradas (COI) tem suas operações gerenciadas pelos sistemas da Hexagon, os quais integram e centralizam os dados de dispositivos IoT e mobilidade urbana do município em uma única plataforma interoperável e customizada com os procedimentos operacionais padrão de cada organização. Um novo projeto do município inclui a instalação de câmeras no entorno de aproximadamente 150 escolas e creches de Osasco, bem como sensores magnéticos de porta e sensores de presença infravermelho em suas instalações, dispositivos estes que serão gerenciados por um centro de monitoramento educacional, cujos operadores poderão criar rapidamente eventos no mesmo sistema que é utilizado pelo COI, permitindo uma imediata resposta por parte dos seus órgãos de segurança. Este projeto também tem alta relevância no portfólio da empresa sueca, afinal, tem ajudado a transformar Osasco em uma das cidades mais seguras do Brasil.

As soluções inteligentes otimizam os serviços públicos por meio de uma gestão analítica das informações, e esses dados possibilitam um melhor monitoramento e gestão por parte do município. Com isso, a cidade inteligente utiliza a tecnologia para melhorar a qualidade de vida da população, proporcionando uma nova maneira de viver na cidade.

“A cidade inteligente será o futuro para governos que se preocupam com o bem-estar dos munícipios e o com o desenvolvimento, não só tecnológico, como econômico. Além de Manaus, Bahia e Osasco temos outros projetos em andamento que serão exemplos de sucesso não apenas no Brasil, como no mundo todo.”, finaliza Telles.

Notícias Relacionadas

Destaque

Polícia Federal deve iniciar fiscalização a bancos após 1 ano da publicação da portaria sobre segurança privada

Neste mês, completa um ano desde a publicação da portaria que regulamenta iniciativas para aumentar a segurança da população, empresas…

Destaque

Auvo Lança Auvo Chat na Exposec 2024: Inovação em Comunicação para o Setor de Segurança Eletrônica

A Auvo, plataforma completa de gestão para equipes externas, confirma presença na Exposec 2024 e apresenta uma inovação ao público…

Destaque

Aeroscan e Performancelab na Exposec: onde a segurança e a eficiência se encontram

É com essa mensagem que Aeroscan e Performancelab juntas na Exposec reafirmam a integração de suas plataformas para aumentar o…