Fabricantes doam sistema de segurança completo para Secretaria Municipal de São Paulo

Por Fernanda Ferreira

A Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social de São Paulo oferece mais de 1200 serviços para a população paulistana, recebendo centenas de pessoas diariamente e armazenando documentos confidenciais de toda a rede socioassistencial da cidade. Ao assumir a secretaria, a nova gestão verificou que o sistema de controle de acesso e de acompanhamento das pessoas que circulam no edifício que estava instalado no local era ineficaz, e entrou em contato com a Genetec para verificar a possibilidade de doação de um sistema de segurança novo para o prédio.

“Como a Secretaria atua em uma área politicamente complexa e sensível, a falta de um sistema de controle de acesso eficiente trazia muito insegurança, deixando os servidores desprotegidos e os documentos expostos”, explicou José Castro, chefe de gabinete da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social.

Para atender à solicitação da Secretaria, a Genetec realizou uma parceria com as fabricantes Digicon, HID e VIVOTEK para fornecer um sistema de segurança completo para o órgão público. A Digicon instalou catracas para o controle de entrada e saída, a HID equipou com cartões de identificação para o controle de acesso, a VIVOTEK doou as câmeras para o monitoramento e a Genetec a plataforma de vídeo que integra todas as soluções e realiza o gerenciamento e análise das imagens, tudo criptografado, para aumentar ainda mais o nível de segurança. O armazenamento das imagens ficou por conta do serviço de nuvem da Microsoft, que ao invés de realizar o armazenamento de forma local, envia todas as imagens para a nuvem, evitando furtos e extravios das gravações, além da possibilidade de acessar tudo de forma remota. Ao todo, foram doados mais de R$ 150 mil em soluções de segurança.

Apesar de ter sido instalado recentemente, os servidores que frequentam o prédio todos os dias já estão se sentindo mais protegidos. Só o fato de termos um sistema de controle de acesso já trouxe maior segurança de maneira geral”, disse José Castro. “Houve um impacto positivo também no comprometimento por parte dos servidores, pois agora a Secretaria aprimorou o controle de ponto pelo controle de acesso e isso tem ajudado no cumprimento das tarefas e na melhor qualidade do serviço público”, concluiu.

Para Denis Côté, country manager da Genetec Brasil, o mais importante não é a doação dos equipamentos e sim a solução do problema de insegurança e a manutenção constante de todo o sistema. Por isso, a empresa canadense irá fornecer a manutenção do software Genetec e disponibilizar o armazenamento em nuvem por dois anos, e uma empresa de integração irá cuidar de toda da parte de hardware do sistema de segurança.

“Não queremos que daqui um ano esse projeto pare porque os equipamentos não estão funcionando. Acredito que somente a doação de aparelhos não funcione no órgão público, pois não terão recurso para fazer a manutenção depois. Nós estamos fazendo uma solução integrada, porque sabemos que se deixarmos os equipamentos sem manutenção, daqui alguns meses estará parado”, explicou Côté. Após os dois anos de manutenção oferecidos pela Genetec, o integrador continuará o trabalho de manutenção de todas as soluções por um preço acessível para a Secretaria.

“Somos um grupo de empresas privadas que decidiu ajudar a resolver o problema de um órgão público. Nossa preocupação é com o lado social da cidade antes de qualquer retorno financeiro”, declarou Denis

Notícias Relacionadas

Destaque

Intelbras lança central de alarme de incêndio endereçável com possibilidade de configuração via Wi-Fi

O produto produzido no Brasil oferece maior facilidade de uso, custo-benefício e segurança A Intelbras, empresa brasileira desenvolvedora de tecnologias…

Cases

Avantia, WeSafer e Farah Service entregam modelo de videomonitoramento inteligente para a Ciclovia Franco Montoro, na capital paulista

A Avantia e a WeSafer, unidade digital independente especializada em inteligência artificial, fecham parceria com a Farah Service – concessionária…

Destaque

Após um ano de uso de câmeras em uniformes, mortes por policiais caem 80%

As mortes cometidas por policiais militares despencaram em 19 dos 131 batalhões do estado de São Paulo um ano depois…