Fábrica de peças automotivas reduz 95% dos falsos alarmes de incêndio com detectores multi sensor

Soluções de detecção de incêndio da Bosch também permitiram expansões do sistema e integração das mais recentes tecnologias ao longo do tempo

A Umicore é uma empresa global de tecnologia de materiais circulares. Suas instalações em Americana, região metropolitana de São Paulo, compreendem um grande parque industrial que atende à sua unidade de negócios de catalisadores, incluindo operações de catalisadores automotivos, células de combustível e catalisadores estacionários e química de metais preciosos. Apesar de oferecer uma contribuição valiosa para uma economia circular ao reaproveitar recursos para uma cadeia de abastecimento mais sustentável, os materiais manuseados nesses locais são altamente inflamáveis ​​e correm o risco de emissão de vapores tóxicos em caso de incêndio. O tamanho da unidade da Umicore em Americana, somado à distância entre os edifícios, torna a instalação de um sistema de proteção contra incêndio consistentemente confiável um enorme desafio.

“As operações comerciais regulares em nossa unidade Umicore Americana costumavam ser frequentemente interrompidas por falsos alarmes devido a alguns de nossos processos industriais, como testes de conversores catalíticos”, disse David Fontes, Supervisor de Segurança Industrial da Umicore.

Uma área é dedicada a testar conversores catalíticos. Isso envolve os motores dos automóveis sendo ligados e deixados funcionando por longos períodos. Como processos como esse criam automaticamente calor e fumaça, os métodos tradicionais de detecção de calor e fumaça criam alarmes falsos excessivos ou representam perigo de alarmes atrasados. No entanto, tempos de resposta rápidos são essenciais nesse ambiente, caso um alarme de incêndio real seja acionado devido às substâncias voláteis e inflamáveis que estão sendo manuseadas. Era claramente necessária uma solução inteligente para diferenciar qualquer matéria gerada pelas operações comerciais regulares da Umicore das chamas e da fumaça produzidas por um incêndio.

Assim, o painel UEZ 2000 da Bosch e os detectores Magic Sens (Série 400) foram instalados para monitorar esses espaços na fábrica de Americana em 2004. Graças aos detectores Magic Sens, foi possível uma redução de mais de 95% nos falsos alarmes, pois os diferentes sensores podem determinar se existe um risco real de incêndio ou, por exemplo, se calor e fumaça são gerados pela atividade de teste de motores. Isso significa que um alarme de incêndio só soa quando todos os critérios não relacionados a incêndio já tiverem sido rapidamente avaliados e eliminados como causa de quaisquer valores críticos.

Sistema escalável para enfrentar desafios de porte industrial

Desde então, o local foi ampliado continuamente para incluir novos edifícios que também exigiam um alto padrão de cobertura de segurança contra incêndio. Assim, em 2019, David entrou em contato com o Gerente Regional de Contas da Bosch em São Paulo para atender à necessidade de monitoramento confiável em todos os seus edifícios – além de quaisquer novas áreas a serem desenvolvidas no futuro. Um especialista da Bosch na região, Henrique Silva, da empresa Easy Solutions, avaliou o local, as soluções de segurança contra incêndio da Bosch que foram instaladas há duas décadas e os atuais cenários e combinações de riscos de segurança.

Desde a instalação inicial na Umicore, a Bosch alcançou muitos avanços tecnológicos em sistemas modulares e escaláveis de proteção contra incêndio. Portanto, o painel FPA-5000 mais recente foi instalado no lugar do painel UEZ 2000 para atender às necessidades atuais do projeto de forma ainda mais eficiente. Além disso, foram instalados teclados AVENAR 8000 no local.

Nos novos edifícios e melhorias, foi implantado o modelo sucessor do Magic Sens – os Detectores multi sensor AVENAR que também detectam os valores de diferentes fenômenos, como calor e fumaça simultaneamente. Os detectores agora também podem ser monitorados e verificados à distância em relação aos requisitos de manutenção, uma vez que o sistema de alarme de incêndio da Bosch foi equipado com Serviços Remotos em 2023 para apoiar o processo de manutenção. Os operadores agora recebem mensagens instantâneas sobre o status do sistema em seus dispositivos em rede, onde quer que estejam.

Além da detecção precisa de incêndio, o procedimento de evacuação foi aprimorado em todo o local entre 2021 e 2022, permitindo sistemas combinados de detecção de incêndio e evacuação por voz via Smart Safety Link. Isso garante que o pessoal seja claramente instruído a sair dos vários edifícios com segurança se um incêndio real for detectado.

Os resultados do sistema avançado de proteção contra incêndio foram ainda melhores do que o esperado. O novo sistema modular também é completamente escalável, portanto, quaisquer extensões do local também serão cobertas pela tecnologia de proteção contra incêndios da Bosch.

Notícias Relacionadas

Destaque

Polícia Federal deve iniciar fiscalização a bancos após 1 ano da publicação da portaria sobre segurança privada

Neste mês, completa um ano desde a publicação da portaria que regulamenta iniciativas para aumentar a segurança da população, empresas…

Destaque

Auvo Lança Auvo Chat na Exposec 2024: Inovação em Comunicação para o Setor de Segurança Eletrônica

A Auvo, plataforma completa de gestão para equipes externas, confirma presença na Exposec 2024 e apresenta uma inovação ao público…

Destaque

Aeroscan e Performancelab na Exposec: onde a segurança e a eficiência se encontram

É com essa mensagem que Aeroscan e Performancelab juntas na Exposec reafirmam a integração de suas plataformas para aumentar o…