Evento aborda a importância da análise de vídeo para a segurança pública

A Multcast, empresa de segurança e outsourcing, realizou no dia 28 de março no Paraná um evento que teve como tema: Cidades Seguras – A análise de vídeo aplicada à segurança pública. Estiverem presentes a Polícia Militar do Paraná, Polícia Rodoviária Federal, ONG Patrulha das Águas, Integrantes da Associação de Moradores de Bairros de Londrina, Aurora Shopping, SERCOMTEL, Prefeitura de Ibiporá, Prefeitura de Sertanópolis, Guarda Municipal de Arapongas e CISMEL (Consórcio Intermunicipal de Segurança Pública e Cidadania de Londrina e Região).

Na palestra ministrada pela Multcast foi abordado os fundamentos da análise de vídeo, explicando sobre o funcionamento básico dos algoritmos de vídeo análise, tracking, filtros e classificação; as aplicações dessa solução com demonstrações de funcionamento de vídeo analítico e como eles podem auxiliar no monitoramento urbano; explicação sobre o funcionamento do algoritmo de LPR, desafios e melhores práticas, e vídeos demonstrativos de cada aplicação. Também foi apresentada as ferramentas que podem auxiliar nas tarefas de segurança pública e cases de sucesso que foram usados vídeo analíticos para apoio à operação dos sistemas.

O Coronel Wosny, Comandante da 2ª Região PM do Paraná, fez a abertura do evento, onde destacou a importância da tecnologia no apoio à segurança pública. No final da apresentação foi aberta uma seção de perguntas e respostas.

PoC

Logo após a palestra, a Multcast realizou uma prova de conceito com o objetivo de mostrar os benefícios da tecnologia do CFTV IP para o CISMEL, Polícia Militar e demais prefeituras da região. Para esse POC foi escolhida a cidade de Bela Vista do Paraíso, no Paraná, que é atendida com fibra ótica em todos os pontos de interesse.

“A proposta que a PMPR na região de Londrina tem é de integrar sistemas de videomonitoramento públicos e particulares com a estrutura policial e ainda, nas comunidades onde estão instalados tais sistemas, promover a participação comunitária na prevenção situacional do crime, visando reduzir as oportunidades e aumentar a chance de identificação dos criminosos, tais conceitos estão alicerçados num projeto piloto nominado de “Vizinho Conectado”, explica o Coronel Wosny.

Foram instaladas câmera Speed Dome FullHD com 30x de zoom ótico, vídeo analítico embarcado e altíssimo desempenho em situações com pouca iluminação através do sensor com tecnologia Star Light e infravermelho integrado para 150m; câmera Bullet UltraHD (4K) com vídeo analítico embarcado; câmera box com resolução de 4MP + infravermelho e lente de 100mm para aplicação de LPR e software Axxon, realizando as análises de rastreamento, classificação e armazenamento dos trajetos dos objetos para pesquisa posterior, gatilhos de contramão, gatilhos de veículos parados no cruzamento, leitura de placa, marcação de placas suspeitas ou com irregularidades (em tempo real) e alertas de placas marcadas.

A Multcast oferece serviços baseados no conceito de outsourcing, como análise de risco e site survey, dimensionamento de equipamentos, startup do sistema, análise, identificação e solução de problemas, projeto executivo, certificação de projetos, laudos, atestados e treinamentos.

Notícias Relacionadas

Destaque

7 vantagens em utilizar RADARES em um projeto de Segurança Perimetral

Ao elaborar um projeto de segurança de uma instalação, a área perimetral é o local que deve receber a principal…

Destaque

Condomínios recorrem a portaria remota para combater a violência

O Brasil está cada vez mais vertical. Nos últimos 35 anos o número de apartamentos no país cresceu 321%, totalizando…

Destaque

Hikvision passa utilizar inteligência artificial e machine learning para aprimorar o autoatendimento de seus clientes

Além do autoatendimento, os clientes também vão contar com suporte de uma equipe especializada em parceria com a Parkseg Academy…