Escola usa inteligência artificial e reconhecimento facial para identificar alunos distraídos

Uma escola de negócios em Paris, na França, começará a utilizar inteligência artificial e análise facial para determinar se os alunos estão prestando atenção na aula ou se estão distraídos. O software, chamado Nestor, será usado em aulas online na ESG Business School a partir de setembro. A tecnologia criada pela empresa LCA Learning foi apresentada em um evento da ONU, em Nova York.

De acordo com o fundador da LCA, Marcel Saucet, “a ideia é usar os dados que o Nestor coleta para melhorar o desempenho de estudantes e professores. O software usa a webcam do aluno para analisar movimentos oculares e expressões faciais e determinar se está prestando atenção na vídeo aula. Na sequência, é formulado um questionário com base no momento em que o aluno estava desatento. Os professores também poderão utilizar a tecnologia para identificar os momentos em que a atenção do aluno diminuiu, e assim melhorar os materiais de ensino” disse Saucet.

Em um primeiro momento, o Nestor será usado somente para aulas à distância, mas a ideia é lançar uma versão para aulas presenciais. Nesse modelo, alunos e professores receberiam em tempo real notificações sobre o nível de atenção. O objetivo seria o mesmo, melhorar o desempenho e aprendizado dos alunos  e a performance dos professores durante as aulas.

Fonte: The Verge.

Notícias Relacionadas

Destaque

Monitoramento veicular alerta para fadiga e uso de celular 

Sistema analisa imagens no interior da cabine e emite alertas para motorista e gestor de frotas Imagine um sistema de…

Destaque

Como a segurança é garantida em eventos que lidam com grandes públicos?

O Brasil tem se destacado no cenário internacional como um dos principais destinos para grandes eventos, atraindo multidões de fãs…

Destaque

Axis Communications Brasil recebe certificação Great Place To Work

Para 95% dos colaboradores, a empresa, que já conta com a certificação na Europa, Oriente Médio e África, é um…