Empresa de logística aposta em avançado sistema de segurança aérea e terrestre com uso de drones e robôs

A GXO Logistics implementou um avançado sistema robótico de segurança aérea e terrestre em um dos seus principais centros de distribuição em Indiana, nos Estados Unidos, e planeja aumentar significativamente a implementação de sistemas de segurança automatizados nos seus outros centros durante o próximo ano.

Essa é a maior frota de robôs de segurança aérea e terrestre do mundo. A dupla DroneDog e DroneSentry, integrada com a plataforma de segurança DroneCore da Asylon, são tecnologias de segurança que fornecem dados de alta qualidade e atualizações de atividade no local que podem detectar potenciais problemas em tempo real e informar imediatamente as equipes de segurança.

“Implementamos o sistema de segurança avançado DroneDog e DroneSentry nas instalações de um cliente com mais de 1 milhão de metros quadrados e que requer uma presença de segurança 24/7 para vigiar o nosso pessoal e os nossos produtos. A combinação de robótica aérea e terrestre nos permite uma transmissão de vídeo ao vivo, incluindo visão infravermelha para patrulhas noturnas, e podemos operar, avaliar e responder em tempo real”, explicou Thomas Nelson, diretor sênior de Segurança da GXO.

A GXO já utilizou estes dispositivos robóticos para realizar mais de 12 mil atividades de segurança relacionadas com alarmes e patrulhamento ou primeira resposta.

A empresa também utilizou os robôs para investigar alarmes, bem como para realizar inspeções de segurança via vídeo, poupando o tempo de viagem para os membros da equipe.

Esta tecnologia detecta potenciais problemas em tempo real e garante a um ambiente mais seguro para a equipe, ao mesmo tempo que protege os produtos do cliente.

“A equipe Asylon está entusiasmada por implementar esta tecnologia com a GXO. DroneCore é uma plataforma de segurança robótica aérea e terrestre única e é perfeita para as necessidades de segurança das instalações da GXO. E embora a tecnologia tenha provado ser um sistema eficaz de dissuasão e detecção, estamos igualmente entusiasmados por estabelecer uma parceria com a GXO para abrir oportunidades de formação e criar novos empregos como parte do nosso objetivo de ajudar a desenvolver a força de trabalho do futuro”, disse Michael Quiroga, chefe de finanças da Asylon.

As aeronaves e os robôs terrestres são controláveis e podem ser controlados através do sistema, permitindo aos vigilantes responder mais rapidamente a alarmes ou a potenciais eventos perigosos.

Os robôs automatizados proporcionam oportunidades para os membros da equipe serem qualificados à medida que recebem formação sobre como operar de maneira eficaz a tecnologia e criar proativamente instalações mais seguras.

O sistema DroneDog da Asylon está conectado a nuvem e possui uma carga útil de segurança, uma estação de carga protegida contra intempéries e a plataforma Spot da Boston Dynamics, que é um robô móvel ágil que atravessa facilmente terrenos irregulares, sobe escadas e evita obstáculos de forma autônoma.

O sistema DroneDog já registou mais de 960 km de patrulhas no local. Funciona em conjunto com o sistema DroneSentry, que inclui uma estação de base meteorológica para aterragem autônoma e substituição de bateria. As duas tecnologias oferecem pontos de vista diferentes e podem rapidamente colocar uma câmara de zoom óptico de 20x onde quer que seja necessário, 24 horas por dia. Juntos, expandem significativamente as capacidades de segurança, cobrindo mais área em menos tempo do que os métodos tradicionais de vigilância.

Asylon, o criador do DroneCore, também fornece peritos que trabalham a partir de uma sala de controlo centralizada 24 horas por dia, 365 dias por ano para gerir remotamente estes sistemas e analisar os dados de segurança recolhidos em tempo real para manter o espaço seguro para os colegas do GXO.

Notícias Relacionadas

Destaque

7 vantagens em utilizar RADARES em um projeto de Segurança Perimetral

Ao elaborar um projeto de segurança de uma instalação, a área perimetral é o local que deve receber a principal…

Destaque

Condomínios recorrem a portaria remota para combater a violência

O Brasil está cada vez mais vertical. Nos últimos 35 anos o número de apartamentos no país cresceu 321%, totalizando…

Destaque

Hikvision passa utilizar inteligência artificial e machine learning para aprimorar o autoatendimento de seus clientes

Além do autoatendimento, os clientes também vão contar com suporte de uma equipe especializada em parceria com a Parkseg Academy…