Empresa afirma que sistema de segurança do Galaxy S8 é melhor que do FBI

A Samsung revelou durante o seu evento Unpacked em março que os telefones Galaxy S8 e S8 Plus podem ser desbloqueados através de um sistema de reconhecimento da íris, ao invés de utilizar a biometria como é feito em outros aparelhos.

O marketing por trás da digitalização da íris afirma que a tecnologia é mais seguro do que usar suas impressões digitais e informou que o scanner de íris do Galaxy S8 poderia ser melhor para a tecnologia de biometria do FBI.

“O FBI usa 13 pontos de identificação por impressão digital, então com todos os 10 dedos você pode ter 130 identificadores únicos. Enquanto isso, o scanner de íris do Galaxy S8 pode registrar até 200 características de identificação de uma única íris. E tenha em mente que o Galaxy S8 digitaliza ambos os olhos, o que significa que ele realmente registra 400 características de identificação de seus olhos”, explica Mark Clifton, CEO da Princeton Identity, empresa que ajudou a colocar o reconhecimento da íris do Galaxy S8.

Essas características de identificação incluem as pequenas partes elevadas em sua íris, que a câmera de digitalização de íris do Galaxy S8 pode identificar usando um filtro próximo ao infravermelho.

Anunciados mundialmente no dia 29 de março, os smartphones Samsung Galaxy S8 e S8 Plus serão lançados oficialmente no Brasil nesta segunda-feira, 17, durante evento em São Paulo.

Fonte: Business Inside

Notícias Relacionadas

Destaque

Intelbras lança central de alarme de incêndio endereçável com possibilidade de configuração via Wi-Fi

O produto produzido no Brasil oferece maior facilidade de uso, custo-benefício e segurança A Intelbras, empresa brasileira desenvolvedora de tecnologias…

Cases

Avantia, WeSafer e Farah Service entregam modelo de videomonitoramento inteligente para a Ciclovia Franco Montoro, na capital paulista

A Avantia e a WeSafer, unidade digital independente especializada em inteligência artificial, fecham parceria com a Farah Service – concessionária…

Destaque

Após um ano de uso de câmeras em uniformes, mortes por policiais caem 80%

As mortes cometidas por policiais militares despencaram em 19 dos 131 batalhões do estado de São Paulo um ano depois…