Drone militar será capaz de decidir quem matar com base em inteligência artificial

O Exército dos Estados Unidos está desenvolvendo os primeiros drones capazes de identificar e abater veículos e pessoas usando inteligência artificial (IA). Atualmente, drones militares ainda são controlados por pessoas. A nova tecnologia, porém, poderá decidir quem matar ou manter vivo, com quase nenhum envolvimento humano na ação.

O projeto ainda está em fase de desenvolvimento. Porém, com o uso oficial desses drones, a militarização da IA ​​certamente vai desencadear questionamentos legais e éticos. Há uma chance de que a guerra passe do combate (liderado por homens) ao extermínio (liderado por máquinas), perdendo qualquer semelhança com o conceito de humanidade no processo. Ao mesmo tempo, poderia ampliar a esfera de guerra para que as empresas, engenheiros e cientistas que construíssem IA se tornassem alvos militares importantes.

Questionamentos éticos e negócios

Os drones militares letais existentes, como o MQ-9 Reaper, são controlados e pilotados via satélite por humanos. Seus condutores têm a responsabilidade final na decisão de matar alvos humanos e na decisão de suspender o ataque para não matar outros civis inocentes.

Além dos questionamentos éticos da esfera humana, há preocupação sobre o chamado “uso duplo”, quando empresas e entidades são usadas para fins civis e também militares — o que pode incluir linhas de código. Empresas de tecnologia como o Google, seus funcionários ou seus sistemas podem se tornar responsáveis ​​indiretos por ataques.

Caso o software AI de reconhecimento de imagem Project Maven do Google for incorporado a um drone autônomo militar americano, o Google poderá se ver envolvido em ações militares de drones, assim como qualquer outro contribuinte civil para os sistemas.

Notícias Relacionadas

Artigos

Segurança perimetral: integração de áudio e vídeo garante mais eficiência

Por Jader Mantellato, Gerente de Desenvolvimento de Negócios Verticais da Hikvision   Garantir a segurança do perímetro é de suma…

Destaque

Supermercados Correia reduzem perdas e custos de tesouraria com cofre inteligente

Com o cofre inteligente da Sesami não há erros de contagem e a empresa reduziu seus gastos com transporte dos…

Destaque

Bycon apresenta gerador de neblina compacto e acessível

Com o crescente número de roubos e saques a estabelecimentos comerciais, a necessidade de medidas de segurança eficientes é mais…