Drone ajudará a identificar casos de crimes ambientais em Campinas

Equipamento auxiliará inspeções em locais de difícil acesso

Um drone será usado na fiscalização e monitoramento de queimadas, soltura de balões, descarte irregular e outras ocorrências de crimes ambientais atendidos pela Guarda Municipal (GM) de Campinas. O equipamento foi doado pela Secretaria do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável à Secretaria de Cooperação nos Assuntos de Segurança Pública. 

A intenção é a de qualificar dados coletados pelos agentes da GM e auxiliar as inspeções em locais de difícil acesso. A “Operação Estiagem”, coordenada pela Defesa Civil, também será beneficiada com o uso do equipamento. A aquisição foi feita com recursos do Fundo Municipal de Recuperação, Manutenção e Preservação do Meio Ambiente (Proamb).

“Este é mais um passo na parceria entre as Secretarias do Verde e Segurança Pública para otimizar e fortalecer a fiscalização ambiental na cidade de Campinas”, afirmou o secretário do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Rogério Menezes. 

O secretário lembrou que, em uma oportunidade anterior, 10 decibelímetros – que são equipamentos para a medição de poluição sonora – também foram destinados pelo Verde à GM para auxiliar em atividades da corporação.

A entrega foi feita ao secretário da Pasta de Segurança Pública, Christiano Biggi, e à comandante da GM Campinas, Maria de Lourdes Soares, na sede da Secretaria de Segurança, por Menezes e a coordenadora de Fiscalização Ambiental do Verde, Heloísa Fava Fagundes.

“O drone vai fortalecer muito nossas ações e melhorar a fiscalização”, destacou a Comandante Lourdes. 

Rogério Menezes completou que o drone chegou a tempo de auxiliar em atividades da Operação Estiagem como combate a incêndios e soltura de balões. 

60 balões apreendidos

Segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP/SP), apenas nos primeiros cinco meses deste ano, 60 balões já foram apreendidos no Estado pela Polícia Militar Ambiental e 115 pessoas foram autuadas. A quantidade de balões recolhidos equivale a quase 53% do total apreendido em todo o ano de 2021. 

Nos 12 meses do ano passado, 113 objetos dessa natureza foram apreendidos pela PMA no território paulista. Em comparação ao ano de 2020, quando 38 equipamentos foram recolhidos, a quantidade mais que dobrou este ano.

Notícias Relacionadas

Destaque

Axis Communications Brasil recebe certificação Great Place to Work

A Axis Communications Brasil conquistou a certificação Great Place to Work (ou Melhores Empresas para Trabalhar, em português). O selo…

Artigos

Radares: evolução e aplicação na segurança patrimonial

Por Engº Kleber Reis Eles são destaque nas feiras de segurança no Brasil e no mundo, e não é por…