Conheça mitos e verdades sobre a portaria remota

Especialista esclarece as principais dúvidas que podem surgir sobre a modalidade

Nos últimos anos temos vivido frequentes quebras de paradigmas proporcionado pelo avanço da tecnologia. Atividades que eram feitas da mesma maneira por décadas estão ganhando novas soluções que trazem mais agilidade e eficiência para os processos. Esse é o caso da portaria remota, que tem garantido aos condomínios uma série de vantagens.

Para esclarecer os principais dúvidas dos profissionais de segurança, síndicos e moradores, o especialista e diretor da Égide Service Thiago Compri, explica o que é mito e verdade sobre a portaria remota.

1. No caso de falta de energia, a portaria remota para de funcionar

Mito! A portaria remota precisa de energia para funcionar, mas é obrigatório que o projeto contemple um sistema redundante, como nobreaks, geradores e baterias, para que no caso de situações emergenciais, falta de fornecimento de energia na região ou até algum tipo de pane, a operação continue funcionando.

2. O atendimento piora para os moradores e visitantes

Mito! As centrais de monitoramento contam com atendentes capacitados e experientes que realizam o atendimento de maneira extremamente profissional, seguindo todos os protocolos de segurança.

3. A taxa condominial pode reduzir drasticamente

Verdade! O custo para manter funcionários presenciais corresponde a mais de 70% dos gastos de um condomínio. Ao substituir essa forma de atendimento e vigilância para o modelo remoto, as taxas cobradas são reduzidas, tornando o condomínio mais atrativo e vantajoso, além de trazer um aspecto moderno e tecnológico para o empreendimento.

4. A segurança e vigilância aumentam

Verdade! A central de monitoramento controla tudo 24 horas por dia e os operadores estão atentos a qualquer sinal de ocorrência. O condomínio também não corre o risco de ter o porteiro rendido por assaltantes, porque toda a operação é realizada de forma remota. Além disso, a entrada de um visitante só é liberada mediante autorização do morador, garantindo ainda mais proteção para todos.

5. A portaria remota só funciona em condomínios pequenos

Mito! As empresas de segurança contam com soluções de alta tecnologia capazes de atender desde os pequenos até os grandes condomínios, garantindo a mesma segurança e eficiência.

Para os profissionais de segurança que desejam atuar neste segmento, mas não podem ou não querem investir em uma central de monitoramento própria, podem terceirizar a operação de vigilância e atendimento com uma empresa especializada.

A Égide Service é uma das maiores empresas de terceirização de centrais de monitoramento e segurança eletrônica do Brasil e é pioneira no mercado.

Para saber mais como funcionam as soluções e como implementar os serviços, entre em contato com a Égide, acesse: www.egideservice.com.br.

Notícias Relacionadas

Cases

Grupo Unidasul adota solução óptica Furukawa em centro de distribuição e em novas unidades no Rio Grande do Sul

Com a expansão de sua rede de supermercados Rissul e de atacarejos Macromix pelo estado do Rio Grande do Sul,…

Destaque

Datacenters precisam de vigilância RSA para garantir segurança

Esta ferramenta do Genetec Security Center combinado ao uso dos sensores existentes ajuda a lidar proativamente com ameaças antes que…

Destaque

Como a tecnologia pode aprimorar a segurança em cidades inteligentes?

Apesar de o conceito de cidade inteligente ser relativamente recente, ele já se consolidou como assunto fundamental na discussão da…