Como uma unidade do exército influencia toda a tecnologia de segurança de um país

Que instituições seriam mais bem-sucedidas ao fomentar startups na área de inovação atualmente? Universidades? Escolas de negócios? Caso estejamos nos referindo ao cenário de Israel, no Oriente Médio, a resposta é forças armadas, com destaque para uma unidade em especial, a 8200.

A Unidade 8200 é parte do Corpo de Inteligência das Forças de Defesa do país e responsável por desenvolver soluções para captar sinais de inteligência e decifrar códigos, com p objetivo de garantir a segurança cibernética da nação. Quando se trata de tecnologia israelense, a 8200 tem se destacado como um dos maiores polos criadores de mentes especializadas em produzir tecnologia de ponta no mundo.

Para se ter ideia da potência da Unidade 8200, hoje comparada à Agência Nacional de Segurança dos EUA (NSA), o local formou empreendedores que fundaram cerca de 5 mil empresas israelenses de tecnologia. Entre os exemplos, estão a NICE Systems, um sistema de identificação biométrica de voz com expertise em evitar transações fraudulentas, e a gigante de navegação e trânsito Waze, adquirida pelo Google em 2013 por US$ 1,3 bilhão (aproximadamente R$ 4 bilhões). Além disso, companhias como a norte-americana Palo Alto Networks e a israelense Check Point Software utilizaram soluções originárias do parque tecnológico para desenvolver seus negócios.

Cofundador do Waze, Uri Levine, em uma conferência em Jerusalém

Entenda como Unidade 8200 impacta a tecnologia israelense

Apesar do serviço militar ser obrigatório no país, assim como acontece no Brasil, não são todos os soldados que participam da Unidade 8200. O segredo do capital humano altamente qualificado é uma seleção rigorosa dos profissionais ainda jovens, principalmente em escolas secundárias de todo o país. Os candidatos devem apresentar habilidades analíticas afiadas, rápida tomada de decisões e facilidade para trabalhar em grupo. Apesar de passarem por treinamento militar básico, dedicam maior parte de sua carreira ao trabalho tecnológico, de forma que deixam as forças armadas prontos para montar empresas de sucesso.

Todos os anos, Israel investe na formação dos jovens oferecendo uma estrutura física digna de gigantes como Google e Facebook, além de encorajar os profissionais a realizar missões científicas, ensinando-os análise de dados, programação e gerenciamento de projetos. Outra frente de ação é o investimento na atração de capital privado para fomentar o desenvolvimento de novas tecnologias de ponta. O resultado? Um montante de US$ 25 bilhões em exportações anuais apenas no campo da tecnologia, o que corresponde a 25% de todas as exportações em Israel.

Tecnologia israelense será foco de debate no Security Talks SP 2017

Se interessou pelo tema? No próximo dia 26 de outubro, será realizado o Security Talks SP 2017, evento voltado para gestores da área de segurança de empresas públicas e privadas que abordará, entre outros temas, a tecnologia de segurança israelense. O assunto será foco de um debate mediado por Christian Visval, diretor da Revista da Segurança Eletrônica.

Eduardo Ferreira Lima, empreendedor Endeavor que esteve em setembro em uma missão de imersão no ecossistema de startups de Israel, e Yogev Bem Yoav, chefe de segurança do Consulado Geral de Israel em São Paulo completam o debate com Christian.

Inscreva-se agora e ganhe 30% de desconto! Clique aqui para receber seu desconto com o cupom SEGURANCAELETRONICA. Sua inscrição garante não só o acesso ao conteúdo de alto nível já reconhecido pelo mercado, como também almoço e networking qualificado.

Notícias Relacionadas

Destaque

Polícia Federal deve iniciar fiscalização a bancos após 1 ano da publicação da portaria sobre segurança privada

Neste mês, completa um ano desde a publicação da portaria que regulamenta iniciativas para aumentar a segurança da população, empresas…

Destaque

Auvo Lança Auvo Chat na Exposec 2024: Inovação em Comunicação para o Setor de Segurança Eletrônica

A Auvo, plataforma completa de gestão para equipes externas, confirma presença na Exposec 2024 e apresenta uma inovação ao público…

Destaque

Aeroscan e Performancelab na Exposec: onde a segurança e a eficiência se encontram

É com essa mensagem que Aeroscan e Performancelab juntas na Exposec reafirmam a integração de suas plataformas para aumentar o…