Como as câmeras térmicas ajudam a prevenir incêndios?

Por Rodrigo Cunha, Gerente de Negócios na Hikvision

A disseminação da onda de calor, intensificada pelo aquecimento global e pelo fenômeno El Niño, abrange todas as regiões do Brasil. De acordo com as projeções do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o próximo verão está previsto para ser um dos três mais quentes da história. Nesse contexto, a preocupação das empresas quanto à segurança de suas instalações e ao risco crescente de incêndios, que podem se propagar rapidamente por toda a propriedade, está em ascensão. Por essa razão, as câmeras térmicas assumem papel crucial, proporcionando uma abordagem proativa e tecnologicamente avançada.

Dotadas da capacidade única de identificar variações anormais de temperatura antes mesmo que se manifestem como chamas, ou até mesmo analíticos que também identificam a fumaça, esses dispositivos se tornam aliados indispensáveis na preservação de infraestruturas, incluindo data centers, indústrias e centros de distribuição, bem como a cobertura de grandes áreas, como florestas e plantações. Os métodos tradicionais de detecção, como detectores de fumaça e câmeras ópticas, apresentam limitações na verificação e no tempo de aviso. As câmeras térmicas são muito mais eficientes, sendo escolhidas para áreas onde outros modelos podem apresentar falhas.

Algumas opções garantem alta qualidade de imagem a longas distâncias em praticamente todas as condições meteorológicas ou de iluminação, distinguindo pessoas e veículos de outros objetos, e até mesmo superando a iluminação limitada de câmeras convencionais. Oferecem ainda estabilidade de imagem superior e alarmes de alta precisão.

Além de atuar na prevenção de incêndios, a tecnologia moderna permite que o equipamento opere numa vasta gama de cenários, como na proteção de perímetros, por exemplo. Há ainda câmeras movidas à energia solar que também se destacam ao integrar todos os benefícios em cena.

Tendências futuras e aplicações diversificadas

O futuro das câmeras térmicas aponta para uma expansão significativa. As rápidas mudanças tecnológicas e a redução de custos impulsionam aplicações diversificadas, indo além de setores tradicionais. A termografia agora se estende para prevenção de incêndios florestais, monitoramento de queimadas, defesa costeira, de perímetro e fronteiras e para transporte inteligente. A integração da inteligência artificial (IA) também resulta em avanços notáveis. Algoritmos de deep learning aprimoram a precisão dos alarmes.

Com a capacidade de capturar imagens durante todo o dia e noite, independentemente de fatores ambientais, as câmeras térmicas proporcionam vantagens significativas aliadas à eficiência e ao custo. À medida que a tecnologia evolui, as aplicações inovadoras e inteligentes continuarão a impulsionar o crescimento dessa indústria especializada.

Notícias Relacionadas

Destaque

Axis Communications comemora 40 anos possibilitando um mundo mais inteligente e seguro

Fundada em 1984, a Axis Communications – pioneira em IoT, nuvem e IA em videomonitoramento – está comemorando seu 40º…

Artigos

Autenticação segura escalável sem comprometer o desempenho

Por Klauss Schoneborn, gerente de Vendas para soluções de identidade e gestão de acesso da HID na América Latina. A…

Destaque

Dahua e WDC firmam parceria estratégica para o desenvolvimento do mercado de projetos de alto valor agregado

A Dahua Technology anuncia uma parceria estratégica com a WDC Networks, empresa de tecnologia que importa, fabrica e distribui suas…