Com lançamentos e inovações disruptivas, GEAR é eleito o melhor software de portaria remota do mercado

Registrando um crescimento de 100% em 2023, a Tecnorise encerrou o ano com 4.000 condomínios utilizando a sua plataforma, diversas novas tecnologias lançadas e uma premiação nacional reconhecendo todo o trabalho da empresa ao longo de quatro anos

Por Fernanda Ferreira

Mais de 30 mil síndicos de todo o Brasil elegeram o GEAR, da Tecnorise, como o melhor software de portaria remota do país, segundo pesquisa da CONASI – Confederação Nacional dos Síndicos. Além desse reconhecimento, a empresa conseguiu o feito de dobrar em apenas um ano o número de clientes que utilizam a sua plataforma, passando de 2 mil para 4 mil condomínios. O que a empresa tem feito de diferente para conquistar o mercado? Conversamos com Wylkie Colares, CEO da Tecnorise, para entender o sucesso da empresa nos últimos três anos.

Revista Segurança Eletrônica: A Tecnorise vivenciou um reconhecimento extraordinário no final do ano passado. Poderia compartilhar mais detalhes sobre isso?

Wylkie Colares: Foi realizada uma pesquisa com mais de 32 mil síndicos de todo o Brasil para eleger o melhor software de portaria remota do mercado, e o GEAR foi o grande premiado. Foi levado em consideração na pesquisa, o conhecimento sobre a solução, o interesse na contratação, a inovação, entre outros requisitos. É uma honra recebermos esse reconhecimento, porque os síndicos são os consumidores finais da solução, quem realmente usa o sistema, e esse profissional dizer que entre das plataformas que existem, o GEAR é o melhor que ele já utilizou, é realmente incrível.

Enxergamos esse acontecimento como consequência de todo o trabalho que temos desenvolvido desde o início da existência da Tecnorise. Começamos nossa atuação como B2C, ou seja, nós atendíamos diretamente os condomínios, e por termos vivido essa experiência no passado, nós conseguimos entender e mapear essas dores, trazendo uma solução completa de quem já viveu por experiência própria o que os profissionais de segurança vivem hoje no mercado.

E essa premiação veio para coroar o ano incrível que tivemos, em que tudo o que nós planejamos, conseguimos executar.

Revista Segurança Eletrônica: Atualmente, o GEAR está em quantos condomínios?

Wylkie Colares: De Janeiro a Dezembro do ano passado nós literalmente dobramos de tamanho. Passamos de 2 mil para 4 mil condomínios que utilizam a nossa plataforma no âmbito nacional, contabilizando mais de 1.2 bilhões de acessos rápidos e seguros. Ao longo desses quatro anos temos mais que dobrado o número de condomínios escolhendo o GEAR como o software para a sua portaria remota.

Revista Segurança Eletrônica: A presença de vocês está mais forte em qual região do Brasil?

Wylkie Colares: Nós estamos presentes no Brasil todo, principalmente no Sul e Sudeste, e estamos crescendo bastante no Nordeste. Já no Norte ainda existe uma barreira cultural, de paradigma bem forte; por lá os profissionais de segurança ainda estão na fase de convencer o síndico que a solução de portaria remota é mais interessante do que o porteiro físico.

Revista Segurança Eletrônica: O que o GEAR tem de diferentes de outras plataformas do mercado?

Wylkie Colares: O GEAR surgiu em 2016 e inicialmente nós trabalhávamos diretamente para os condomínios. Já em 2020, houve o nascimento da Tecnorise e nós passamos a disponibilizar o GEAR para as Centrais de Atendimento de Portaria Remota. Durante esses 4 anos, o GEAR foi aprimorado de forma contínua e alcançamos resultados incríveis por sermos uma plataforma disruptiva, tecnológica e inovadora.

Nós entregamos performance, ou seja, entrada e saída rápida para o morador; desobstrução da portaria com um atendimento ágil e assertivo, tudo isso sem perder a segurança no processo. Dessa forma, conseguimos fornecer tanto para a central como para o cliente final aquilo que ele precisa: alto desempenho.

Além disso, devido a esse ganho de performance, a essa fluidez, o prestador de serviço de portaria remota consegue aumentar o número de condomínios atendidos por operador. Assim, se um operador consegue atender cinco condomínios, com o GEAR, ele consegue atender oito a nove complexos, isso porque com o GEAR concede acesso ao seu aplicativo, VoIP, gerenciador de eventos e acessos etc.

Revista Segurança Eletrônica: Além da plataforma, a Tecnorise oferece algum suporte, assessoria, que a empresa de portaria remota precisar?

Wylkie Colares: Uma das grandes conquistas de 2023 para nós, foi a estruturação do nosso time interno, porque com eles nós conseguimos fazer um mapeamento do mercado, dos nossos clientes, dos clientes finais, etc.

Por exemplo, às vezes a empresa de portaria remota pode estar com problema de conseguir conquistar novos condomínios. Com a nossa equipe nós conseguimos buscar e estudar o motivo disso estar acontecendo, que pode ser porque o time comercial está fragilizado, desestruturado, não treinado, ou porque a empresa está sem caixa para investir em novos condomínios; são muitos motivos para serem analisados, e o que fazemos é utilizar a nossa expertise para identificar essa dor, esse momento de desafio, e ajudamos prestando como se fosse uma consultoria para essa empresa. Então se falta caixa, nós apresentamos parceiros que auxiliam nessa parte de fluxo emprestando o recurso.

Realizamos esse tipo de trabalho para as empresas enxergarem que a Tecnorise não é apenas uma plataforma, um software de gerenciamento, mas um parceiro em que ele terá todo o apoio e auxílio que precisar.

Nós conseguimos ajudar os nossos clientes a crescer através de diversas estratégias que vão além do treinamento comercial, como a nossa assessoria em marketing. Hoje, eu forneço para esse cliente parceiro, materiais como templates prontos com comunicação B2C, já com a identidade da empresa dele, com o conteúdo criado, tudo completo, precisando apenas postar nas suas redes.

Não somos só uma plataforma, somos uma solução de ponta a ponta.

Revista Segurança Eletrônica: Desde que começaram, como tem sido o número de retenção de clientes parceiros?

Wylkie Colares: Nesses quatro anos de atividade, apenas uma empresa saiu da nossa base. Atualmente temos mais de 100 empresas de portaria remota conosco, então isso representa menos de 1%. Esse nível de satisfação é o resultado de muito trabalho e dedicação, nós nos importamos de verdade.

E é interessante analisar que nós não estamos entre as empresas mais baratas do mercado, então os clientes que estão conosco, estão pela qualidade, pelo suporte, pelo atendimento. São 4 mil condomínios utilizando o GEAR em apenas 3 anos. As empresas que, porventura, conseguiram alcançar essa marca, demoraram no mínimo uma década para conquistar a mesma quantidade de usuários.

Revista Segurança Eletrônica: Agora os planos são internacionalizar a marca?

Wylkie Colares: Nós já conseguimos em outubro do ano passado implantar o GEAR em um primeiro condomínio em Miami, nos Estados Unidos. Houve um processo de adequação do aplicativo, da LGPD do estado da Flórida, e hoje estamos de acordo e atendendo toda a parte de proteção de dados da região. Esse foi um trabalho de mais de um ano de estudo e análise para quebrar essa barreira, e agora é só expansão, queremos aumentar o número de condomínios por lá também.

Revista Segurança Eletrônica: Como está esse investimento no público interno da empresa?

Wylkie Colares: Algo muito importante para nós é a valorização dos colaboradores. Esse nosso crescimento externo está sendo refletido também na expansão interna. Além de investimento em novas contratações e promoções, também realizamos cursos de gestão e de profissionalização para todos os gestores da companhia, entre outras ações.

Revista Segurança Eletrônica: Fazendo uma retrospectiva, quais foram as inovações criadas e lançadas em 2023 pela Tecnorise?

Wylkie Colares: Tivemos várias! Vou citar alguns, como o pré-cadastro, desenvolvido para eliminar as filas para acessar os condomínios. Funciona da seguinte forma: ao invés de esperar o porteiro realizar todo o cadastro e coletar a permissão de entrada do morador, a pessoa aproveita e na fila já realiza um cadastro disponível através de um QR Code que pode ser colocado ao longo da área. Por lá, a pessoa insere seus dados, tira uma foto e explica o propósito da entrada. Após concluir o morador recebe uma notificação para validar o cadastro, ao chegar a sua vez, já está praticamente tudo liberado. Essa é uma forma de manter a fluidez do processo sem perder os procedimentos de segurança.

O FASTPASS, outro lançamento, tem o mesmo princípio, sendo uma espécie de convite rápido em que o morador gera um link de cadastro para o visitante validar a sua presença antecipadamente. Ao chegar no edifício, o convidado precisa apenas validar a sua facial para ser liberado automaticamente.

Também disponibilizamos no mercado o recurso “emergência saúde + ficha médica”, em que os moradores podem acionar ajuda em emergências, fornecendo dados médicos vitais instantaneamente.

Revista Segurança Eletrônica: O que podemos esperar da Tecnorise para 2024?

Wylkie Colares: Ao longo dos anos, temos sido uma empresa disruptiva. Nenhuma companhia, por exemplo, fornecia o VoIP, o aplicativo e o gerenciador de eventos e acesso junto. Para uma empresa de portaria começar a prestar serviço e atender condomínios, era preciso contratar uma empresa de aplicativo, uma para cuidar do VoIP e outra para gerenciador de eventos e acesso. Depois era preciso fazer essas três soluções conversarem entre si para prestar o serviço, e essa conversa nem sempre era boa, porque a API que fazia essas coisas se comunicarem, falhavam, então às vezes o morador apertava o aplicativo e ele não conversava com o gerenciador de eventos, e por isso o portão não abria.

A Tecnorisefoi a primeira empresa no Brasil a trazer essa solução completa para o mercado. Hoje, a empresa de portaria remota contrata a Tecnorise e entregamos a melhor solução de gerenciador de eventos e acesso, com aplicativo e VoIP, tudo integrado.  Fomos disruptivos desde o início da nossa jornada, nós nascemos dessa forma e estamos sendo coerentes em trazer ano após ano novidades no mercado, deixando nossos clientes à frente. E em 2024 não será diferente, estamos trabalhando para trazer muitas novidades, por isso nos acompanhe no nosso site e nas nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que está por vir.

Notícias Relacionadas

Destaque

Inteligência Artificial e Segurança na Indústria Moderna

Por Bruno Gouvea Nas indústrias modernas, a proteção de ativos críticos, como maquinários de alto valor, estoques e informações sensíveis,…

Destaque

Avantia promove 7ª edição do Security Talks em São Paulo

Evento referência no segmento de segurança e tecnologia reúne líderes e especialistas para compartilhar perspectivas e insights exclusivos, envolvendo inovações…

Destaque

Inovação no setor público: o Brasil está na direção certa?

Por incrível que pareça, aparelhos de fax e pastas com arquivos de papel ainda são usados nos escritórios de muitas…