Câmeras térmicas vão medir temperatura de visitantes do Parque Vila Germânica e Ramiro Ruediger em Blumenau

O uso de inteligência artificial na solução de desafios é tendência em todo o mundo. Numa iniciativa que alia tecnologia e prevenção, a Prefeitura de Blumenau, por meio da Secretaria de Turismo e Lazer (Sectur) e Parque Vila Germânica, em parceria com a catarinense Intelbras, vai instalar uma câmera térmica na entrada da Vila Germânica, no portão em frente ao restaurante Alemão Batata, e outra no portal de acesso do Parque Ramiro Ruediger. Por meio de IA, os equipamentos vão monitorar a temperatura das pessoas que visitam os locais. A iniciativa passa a funcionar em julho, e faz parte de um pacote de ações de segurança para a retomada das atividades turísticas.

Por ser fruto de uma parceria com a Intelbras, a Prefeitura não terá custos com os equipamentos. A solução irá ajudar a identificar pessoas com um dos sintomas de Coronavírus (Covid-19), a febre, além de auxiliar no monitoramento de quem estiver com a máscara mal colocada ou não estiver usando. Os equipamentos, que possuem Inteligência Artificial, medem a temperatura com precisão e criam alertas quando alguém está com temperatura acima do normal, ajudando a identificar rapidamente possíveis contaminados pelo vírus.

“Nosso foco é garantir a saúde dos nossos visitantes e funcionários, num trabalho que não se limita aos nossos eventos, mas sim em um sentido mais amplo, de proteção da saúde de todas as pessoas que passam diariamente pelo Parque. E o nosso propósito está alinhado com o da Intelbras, numa parceria sem precedentes”, afirma o secretário de Turismo e Lazer e presidente do Parque Vila Germânica, Marcelo Greuel.

“São duas catarinenses, Intelbras e Vila Germânica, dando continuidade a uma parceria de sucesso iniciada em 2019. Agora, utilizaremos a inteligência artificial e a tecnologia das câmeras térmicas para auxiliar na preservação da saúde e bem-estar de colaboradores, comunidade e turistas que vão até a Vila Germânica, proporcionando mais segurança e tranquilidade para todos”, afirma Henrique Fernandez, Diretor da Unidade de Segurança eletrônica da Intelbras.

Funcionamento

As câmeras ficarão instaladas na entrada da Vila Germânica, em frente ao restaurante Alemão Batata, e no portal de acesso ao Parque Ramiro Ruediger. Uma equipe fará o monitoramento simultâneo das imagens.

Quando um visitante com alteração na temperatura acessar qualquer um dos espaços, um alerta será enviado à equipe fiscalização. Em seguida, um profissional abordará a pessoa, informando que foi detectada alteração na temperatura, dando todas as orientações para que receba atendimento médico imediatamente.

Protagonismo

As câmeras térmicas são o que há de mais atual no mercado de inovação e tecnologia de segurança, e neste momento se tornaram dispositivos de prevenção à Covid-19. No Brasil, empresas de grande porte também estão adaptando suas estruturas para a instalação do equipamento. Ainda assim, o Parque Vila Germânica será o primeiro espaço público
a contar com a tecnologia.

“Com essas ações estamos nos preparando para o futuro, estudando todas as possibilidades para nos adaptarmos e possibilitarmos a retomada. Estes são os primeiros passos que estamos dando, com muito cuidado e estudo”, finaliza Greuel.

Notícias Relacionadas

Destaque

Pesquisadores de segurança enganam sistema de reconhecimento facial

Um time de pesquisadores da empresa de cibersegurança McAfee conseguiu enganar um sistema moderno de reconhecimento facial. Os especialistas divulgaram uma…

Destaque

HID Global apresenta tecnologia para automatizar o distanciamento social nos locais de trabalho

Conforme as organizações que fecharam no Brasil retomam suas operações, novos requisitos para criação de ambientes de trabalho seguros para…

Artigos

Transformação do sistema de videovigilância do setor bancário com tecnologia IP

Por Luis Miguel Dávila, Gerente de Vendas e Engenharia da Hanwha Techwin para a América Central A capacidade dos sistemas…