Câmera automotiva que usa Inteligência Artificial para monitorar ocupantes de veículos será apresentada na Exposec

Dispositivos para rastreamento e proteção veicular também terão destaque entre as 800 marcas expositoras da feira, que acontece entre os dias 7 e 9 de junho, no São Paulo Expo

Com o avanço da tecnologia aumenta também a segurança para motoristas e passageiros. Na Exposec 2022 – Feira Internacional de Segurança, que acontece de 7 a 9 de junho no São Paulo Expo, os visitantes poderão conhecer as câmeras automotivas que usam a Inteligência Artificial (IA) para monitorar tanto o exterior como o interior do veículo, garantindo segurança para todos os ocupantes. Dispositivos para rastreamento e proteção veicular também terão destaque entre as 800 marcas expositoras da feira.

A expectativa da Fiera Milano Brasil, organizadora da Exposec em parceria com a ABESE – Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança, é atrair 45 mil profissionais do setor em busca de novas soluções em gestão de frotas, portaria remota, sistemas de monitoramento, câmeras de segurança, controles de acesso, entre outras tecnologias em produtos e serviços que movimentam este mercado no Brasil.

Confira  algumas soluções  em gestão de frotas que serão apresentadas na feira:

A Jimi IoT Brasil lança na Exposec 2022 a câmera JC450. Trata-se de um sensor de fadiga, que detecta sinais de cansaço do motorista, bem como distrações (uso de celular, cigarro etc.), que são altamente perigosos e que podem causar acidentes graves. A câmera também tem a tecnologia ADAS (Sistema Avançado de Assistência ao Motorista), que é um sensor de pista para identificar riscos ao motorista, que podem causar acidentes, como riscos de colisão com veículo da frente, alerta de pedestres ou veículos de duas rodas em frente do percurso, alerta de mudança de faixa e detecção do carro da frente, quando começa a se movimentar. 

Na área de rastreamento, a empresa apresentará os equipamentos JM-VL01, JM-VL02 e JM-VL03, destinados à gestão de frotas de veículos com conectividade 4G com fallback 2G. Isso quer dizer que quando a rede 2G for desligada, no País, gestores de frotas não precisarão trocar os equipamentos, já que terão rastreadores adequados e totalmente conectados para a nova realidade.

A Hikvision, em parceria com o Sistema IRIS, apresenta na Exposec 2022 uma nova solução para centrais de monitoramento. Batizado de IRIS Central, a solução pode ser categorizada como um Video Management System (VMS), porém é muito além de um VMS convencional, uma vez que as características específicas e funcionalidades o transformam numa eficiente ferramenta de gerenciamento de câmeras, controle de acesso, automação e analíticos de vídeo (VCA).

Outro lançamento será a nova linha mobile da Hikvision, batizada de Hikauto. A linha de produtos contará com dashcams da linha consumer e industrial, gravadores de vídeo mobile analógico e IP, câmeras analógicas, câmeras IP (network), sistema avançado de assistência de direção, monitor de visão surround 360° e câmeras IP com inteligência artificial. Também serão anunciados quatro novos produtos da linha Color Vu: DS-2CD1047G0-L, DS-2CD1347G0-L, DS-2CD2047G2-LU e DS-2CD2347G2-LU. Uma linha de câmeras IP de 4MP com alta resolução que proporciona uma imagem de alta qualidade nas mais variadas aplicações e condições. 

A V3 destaca na Exposec 2022 o Smart Dash Cam, um equipamento com câmera que une vídeo telemetria e inteligência artificial para gerar informações valiosas aos gestores de frotas. Além dos dados de rastreamento, excesso de velocidade e indicadores de comportamento de dirigibilidade, a solução desenvolvida pela empresa traz reconhecimento facial do condutor, voice coach – o dispositivo literalmente fala quando há desvios de comportamento na direção – e gravações de vídeos, uma verdadeira revolução na forma de realizar a identificação e trabalhar a mudança de cultura dos condutores da frota. 

Atuando no mercado nacional de conectividade a Hunter Connect oferece soluções em M2M e telemetria. A empresa lança na Exposec 2022 o rastreador veicular HC-01, um equipamento compacto, pesando 30 gramas, o que proporciona fácil e discreta instalação. Como principais características possui leds ocultos, detecção de ACC com status de ignição a qualquer tempo, múltiplos alarmes (velocidade estendida, bateria fraca etc.), resistência à água IPX5, bateria 55mAh, memória 300 pontos, utiliza o mesmo protocolo do CRX1, homologado na Anatel, etc.

Rastreamento em ascensão

No Brasil, cerca de um carro é roubado ou furtado por minuto – é o que diz o último anuário brasileiro de segurança pública. O rastreamento é considerado como um dos segmentos mais promissores da segurança eletrônica e pode ser decisivo na recuperação dos automóveis roubados ou furtados antes que sumam em desmanches ilegais.

A tecnologia também permite o acompanhamento da trajetória do veículo para análise de estatísticas relacionadas ao seu uso, como manutenção preventiva e corretiva, eventos de sinistro, não conformidades e padrão de uso.

O panorama da ABESE mostrou que o mercado de rastreamento atualmente atende mais de 2,5 milhões de veículos no país, o que representa menos de 5% da frota brasileira, indicando potencial para crescimento futuro. O setor é composto por mais de 2 mil empresas de rastreamento no Brasil que juntas geram mais de 29 mil empregos diretos.

Notícias Relacionadas

Destaque

Intelbras lança central de alarme de incêndio endereçável com possibilidade de configuração via Wi-Fi

O produto produzido no Brasil oferece maior facilidade de uso, custo-benefício e segurança A Intelbras, empresa brasileira desenvolvedora de tecnologias…

Cases

Avantia, WeSafer e Farah Service entregam modelo de videomonitoramento inteligente para a Ciclovia Franco Montoro, na capital paulista

A Avantia e a WeSafer, unidade digital independente especializada em inteligência artificial, fecham parceria com a Farah Service – concessionária…

Destaque

Após um ano de uso de câmeras em uniformes, mortes por policiais caem 80%

As mortes cometidas por policiais militares despencaram em 19 dos 131 batalhões do estado de São Paulo um ano depois…