Came exalta Brasil como base estratégica e mira crescer 15% ao ano no mundo com produtos para casas inteligentes

CEO global Andrea Menuzzo espera por expansão no mercado de smart homes com o trunfo de a empresa ser 1ª marca do setor reconhecida por Amazon, Microsoft e Apple

Líder mundial em produtos para automação e controle de acesso no mercado de segurança, a Came espera ampliar seu portfólio de equipamentos no Brasil com planos de expansão de sua participação no setor. Um dos seus principais projetos neste sentido atualmente é o de se tornar, em um futuro próximo, uma marca forte e de referência dentro do ramo que abastece as smart homes, as chamadas casas inteligentes, que contam com diferentes dispositivos conectados à internet e totalmente operados por celulares, tablets ou por comandos de voz. A empresa projeta um crescimento global de 15% ao ano, no mundo, por meio dos equipamentos para o setor residencial.

A revelação foi feita por Andrea Menuzzo, CEO global da Came, durante visita à filial brasileira da empresa, no último dia 22, em Indaiatuba (SP), onde o executivo italiano justificou essa meta ao exaltar que a companhia foi pioneira quando teve a qualidade dos seus produtos atestada pelas três maiores corporações do mundo na atualidade. “Estamos investindo muito em tecnologia, especialmente no mercado residencial, para atender às smart homes. Somos a primeira marca (do mercado de segurança) totalmente reconhecida por empresas como Amazon, Microsoft e Apple. E já temos uma seção de produtos, como, por exemplo, o Came Connect, que são produtos totalmente integrados com marcas de alta tecnologia dos Estados Unidos”, ressalta o líder geral de uma instituição que completou 50 anos de existência em 2022.

O CEO global também destaca o Brasil como uma base estrategicamente importante para as operações da Came, que no último trimestre de 2023 chegou a registrar um aumento de 20% nas vendas no país em comparação ao mesmo período do ano anterior. E ele enfatiza que o “ponto chave” atual para a unidade brasileira é saber unir a sua boa capacidade produtiva ao know-how tecnológico italiano para disponibilizar mais produtos e alcançar novos perfis de clientes.

“A nossa estratégia é ampliar a nossa gama de produtos para poder entrar em outros setores com produtos diferentes. Assim, podemos ser competitivos na alta segurança, no setor residencial e também no controle de acesso. Graças também à nossa capacidade na Itália de vincular todos esses produtos com um software ou com diferentes tipos de software, podemos oferecer ao mercado tudo o que ele solicitar. Portanto, a intenção da Came não é ser uma marca monolítica, mas sim estar aberta a diferentes soluções”, completa Menuzzo.

Ao vislumbrar a possibilidade de oferecer novos produtos para as casas inteligentes, a Came está apostando em ações que deem mais visibilidade e acesso mais fácil a esses dispositivos, muitos deles desconhecidos para os seus potenciais clientes ou fora dos principais canais de vendas na internet. Entre eles estão sistemas de segurança que podem ser monitorados e controlados remotamente, como câmeras, sensores de movimento, fechaduras e alarmes, além dos equipamentos mais voltados ao conforto dos usuários, como termostatos que regulam os níveis de temperatura e iluminação dos ambientes, interfones com vídeo e automatizadores para abrir e fechar cortinas e persianas.

“A Came está investindo muito em produtos para casas inteligentes, que possam ser conectados e usados com um smartphone, seja ele com sistema IOS ou Android. Essa é uma tecnologia que a gente já tem para oferecer, mas que ainda estamos longe de implementá-la como gostaríamos no mercado. Então, acho que, em um futuro próximo, vamos impulsionar bastante essa parte do nosso negócio. E talvez o e-commerce nos ajude a facilitar as vendas”, diz Menuzzo.

Em um reflexo do crescimento do seu volume de negócios no Brasil e para atender a uma nova demanda crescente do seu setor, a filial nacional da empresa ampliou seu portfólio ao passar a comercializar, a partir de outubro passado, três novos modelos de portas com detectores de metais. Antes disso, a unidade brasileira já disponibilizava em sua linha de dispositivos de controle de acesso: catracas, cancelas, automatizadores de portões, torniquetes, portas automáticas, reservadores de vagas e controladoras de equipamentos. Apesar das diversas opções, o CEO global da Came ressalta a importância de continuar investindo nas melhorias de sua fábrica e em novos produtos aos clientes.

“Posso dizer que nunca estamos felizes, mesmo que digam que estamos felizes. O compromisso é tentar ir mais rápido e melhor (para alcançar os próximos objetivos). E é claro que sabemos que também temos de investir na estrutura. Por exemplo, aqui no Brasil, contratamos mais gente, principalmente no departamento de vendas, para poder atender ao mercado”, recorda o italiano.

Brasil como mercado estratégico

Impulsionado pelos altos índices de violência do Brasil, agravados pelo avanço das ações do crime organizado, o mercado de segurança nacional se mantém aquecido e isso tem se refletido no aumento dos negócios feitos pela Came, cuja capacidade de atender novos clientes do setor foi ampliada após um recente investimento importante, lembrado por Menuzzo ao destacar a unidade brasileira como uma base estratégica para alavancar as operações da empresa.

“Este é um dos países onde mais pretendemos investir nos próximos anos. Até porque acreditamos que o potencial do Brasil é muito maior em comparação com o de muitos outros países. Em 2020, compramos uma empresa chamada Nepos, que é líder (em sistemas de controle de acesso) no mercado de estacionamentos e passou a contar com cancelas mais sofisticadas fornecidas por nós. Antes disso, a Came do Brasil atendia a apenas um determinado tipo de cliente. Hoje, graças à aquisição da Nepos, estamos entrando, por exemplo, também nos shoppings com outros tipos de produtos”, diz Menuzzo. “Portanto, há sinergias que estão trazendo negócios para os dois lados. Então, isso é um bom sinal e acho que no futuro buscaremos outros investimentos a serem feitos no Brasil para criar ainda mais sinergias”, projeta o presidente mundial da companhia.

Notícias Relacionadas

Destaque

Pumatronix lança ITSCAM 450+ com foco em estacionamentos e pedágios

A Pumatronix, uma das principais fabricantes nacionais de equipamentos para monitoramento de trânsito e sistemas de transporte inteligente (ITS), anuncia…

Destaque

Nova câmera de sensor duplo oferece 4K a 30 fps e suporte para analíticos de IA

A Axis Communications anuncia uma câmera multidirecional de sensor duplo projetada para excelentes panorâmicas de ângulo amplo e cobertura detalhada…

Destaque

Menino autista de 8 anos realiza sonho de conhecer câmeras de monitoramento do DF

Diagnosticado com transtorno do espectro autista aos 6 anos, Isaque tem hiperfoco em câmeras. Após postar vídeo na internet, ele…