CAME do Brasil traz tecnologia para conter assaltos com arrombamentos utilizando veículos

A CAME do Brasil acaba de anunciar o lançamento do sistema Road Blocker. Esse sistema realiza a restrição de acesso que impede a destruição de portões, vitrines ou catracas, como visto em roubos à transportadoras de valores. Com o Road Blocker, ações conhecidas como “gangue da marcha à ré”, que usam veículos em alta velocidade para invadir empresas e lojas, podem ser impedidas.

Utilizado em diversos países do mundo para evitar atos terroristas como os que aconteceram em Berlim e Nice, onde um caminhão invadiu uma área de aglomeração de pessoas, o sistema é um pequeno muro instalado no chão que pode ser acionado a distância para levantar ou abaixar, quando o acesso for liberado. Veja Road Blocker o funcionando:

“Com o aumento das invasões com carros no mundo e aqui mesmo no Brasil, este sistema passa a ser uma solução interessante para empresas, pois controla o acesso de quem entra e quem sai, inclusive de motos e pedestres. Quando acionado, o veículo que quiser não consegue arrebentá-lo, facilitando a ação da segurança em coibir o assaltado”, explica Marco Antônio Barbosa, diretor da CAME do Brasil.

A empresa também possui o sistema Urbaco, composto por pilares que podem ser acionados a distância para abaixar, quando o acesso é liberado, e subir, quando existe a necessidade de restringir a entrada. Um teste realizado no Reino Unido provou que o Urbaco consegue conter dois caminhões a 80 quilômetros por horas (confira no vídeo abaixo). Edificações como o Pentágono, residência do primeiro ministro do Japão e muitas embaixadas do mundo possuem o Urbaco para evitar a aproximação de veículos suspeitos.

“Buscamos trazer para o país soluções que auxiliem nossos clientes a impedir um crime. Cada vez mais temos que buscar sistemas que ofereçam formas inovadoras para aumentar a segurança das propriedades privadas e públicas. Não existe terrorismo aqui, mas o aumento da criminalidade gera insegurança. Para atender o mercado, buscamos o que é de mais moderno no mundo. Como os criminosos buscam formas diferentes para burlar a segurança, temos que inovar para ajudar a inibir estas ocorrências”, completa o diretor da multinacional italiana.

Notícias Relacionadas

Destaque

Governo quer usar biometria para padronizar carteira de identidade

O governo federal quer preparar um decreto para padronizar a emissão de novas carteiras de identidade e usar a verificação…

Destaque

No Dia Internacional de Proteção de Dados conheça a importância da sua privacidade

Apesar de estarmos vivendo em um mundo cada vez mais conectado, milhões de pessoas ainda desconhecem como suas informações pessoais…

Cibersegurança

Brasil aprova adesão à Convenção de Budapeste que facilita cooperação internacional para combate ao cibercrime

Ratificação do tratado é defendida pelo Ministério Público Federal, que pediu urgência na votação do PDL A adesão do Brasil…