Bosch integra suas câmeras de vigilância com os sistemas da Genetec

A Bosch acaba de anunciar que as suas câmeras estão sendo totalmente integradas aos sistemas da Genetec, resultando em uma solução de segurança de dados de ponta que incorpora todas as câmeras de vigilância de rede da Bosch, além da Genetec Archiver e o VMS Security Center.

A Bosch está assumindo uma posição pró-ativa na segurança cibernética devido ao aumento de dispositivos IoT (Internet das Coisas) e cibercrimes. O resultado é uma solução de segurança de dados de ponta a ponta.

“Tudo o que um hacker precisa é encontrar um único link fraco, de fora ou mais frequentemente de dentro, em uma rede de vigilância para obter acesso e por em risco todo um sistema de dados. Para cancelar esse risco, use um sistema de segurança de dados que tenha sido configurado por especialistas com vasto conhecimento da cibersegurança para torná-lo completamente efetivo de ponta a ponta”, declarou a Bosch em um anúncio.

Parceiros na prevenção do crime
Todas as comunicações em toda a rede entre câmeras Bosch e Genetec Archiver e Security Center recebem uma chave de autenticação. Esta assinatura eletrônica permite que o sistema verifique a legitimidade de componentes de rede, como câmeras ou unidades de armazenamento, e a visualização de clientes, assegurando que uma infraestrutura de confiança seja construída antes do início das comunicações em toda a rede.

Criptografia
Todas as câmeras IP Bosch possuem um Módulo de Plataforma Confiável (TPM) embutido para armazenar com segurança as chaves criptográficas usadas para autenticação, garantindo comunicações confiáveis entre todos os componentes de rede e criptografia de todos os dados de vídeo. Todas as operações criptográficas, para autenticação e criptografia, só são executadas dentro do módulo de plataforma confiável incorporado (TPM). Os dados de vídeo criptografados são enviados da câmera para o Genetec Archiver usando SRTP (Secure Real-Time Transport Protocol). A segurança adicional é estabelecida através de um esquema de “permissão” com base em privilégios acumulados por usuários específicos.

Sincronizado, centralizado e melhor protegido
Como o Genetec Security Center se integra com o Active Directory, o gerenciamento de usuários pode ser monitorado e centralizado no nível do Windows. Além dos usuários individuais, os grupos de usuários do Active Directory podem ser sincronizados com o Security Center, enquanto os novos usuários herdarão automaticamente os privilégios existentes no VMS definidos para esse grupo.

Proteção de câmeras, software de gerenciamento e clientes
As senhas ainda são uma camada essencial da segurança, mas o Genetec Archiver também usa um certificado de cliente para se autenticar na câmera IP da Bosch. Além disso, somente as atualizações de firmware aprovadas pela Bosch serão aceitas e todas as operações criptográficas só serão executadas dentro do Módulo de Plataforma Confiável (TPM) integrado.

Os certificados são menos vulneráveis ​​à pirataria, razão pela qual a Genetec usa autenticação de certificado para o seu software e clientes de gerenciamento de segurança. Os sistemas de gerenciamento de vídeo interagem diretamente com as câmeras Bosch usando certificados para autenticação e os dados armazenados ficam criptografados e são transmitidos através do protocolo SRTP (Secure Real-Time Transport Protocol) e a proteção de dados está garantida.

A Bosch diz que o uso de SRTP em toda a infraestrutura de segurança de vídeo permite que os clientes criem uma rede multi-cast segura e obtenha segurança e boa escalabilidade de rede ao mesmo tempo.

Notícias Relacionadas

Destaque

Axis Communications Brasil recebe certificação Great Place to Work

A Axis Communications Brasil conquistou a certificação Great Place to Work (ou Melhores Empresas para Trabalhar, em português). O selo…

Artigos

Radares: evolução e aplicação na segurança patrimonial

Por Engº Kleber Reis Eles são destaque nas feiras de segurança no Brasil e no mundo, e não é por…